PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras

Palmeiras tem sua pior defesa no novo formato do Paulistão

Jogadores do Palmeiras comemoram gol contra o Independiente Del Valle, pela Libertadores 2021 - ESTADÃO CONTEÚDO
Jogadores do Palmeiras comemoram gol contra o Independiente Del Valle, pela Libertadores 2021 Imagem: ESTADÃO CONTEÚDO

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

08/05/2021 07h00

Classificação e Jogos

Com os dois gols sofridos na vitória por 3 a 2 sobre o Santos, na última quinta-feira, 06, o Palmeiras atingiu uma marca negativa no Campeonato Paulista. A atual defesa do Verdão é a pior no novo formato da competição.

O Paulistão passou a ser disputado por 16 clubes em 2017, com cada equipe disputando 12 partidas na primeira fase. Desde então, o Palmeiras sempre foi dono da melhor defesa do torneio antes do mata-mata.

Em 2017 e 2018, o Alviverde sofreu oito gols nos primeiros 12 jogos. Em 2019, foram apenas cinco tentos concedidos. Já em 2020, ano em que foi campeão, o Verdão foi vazado em seis ocasiões na primeira fase do Campeonato Paulista.

Mesmo faltando uma rodada para o início do mata-mata, o Palmeiras já tem sua pior defesa no atual formato do Estadual. Em 11 partidas, o time do técnico Abel Ferreira sofreu 10 gols.

A campanha também é a pior no novo modelo de competição. Caso vença a Ponte Preta na última rodada, o Alviverde chegará a 21 pontos, um a menos do que em 2020, que até então era o ano de pior desempenho.

Apesar dos números ruins, o Palmeiras ainda pode se classificar para as quartas de final do Paulistão. Para isso, o Alviverde precisa vencer a Ponte, no Moisés Lucarelli, e torcer por um tropeço do Novorizontino diante do Corinthians, na Neo Química Arena. Ambos os duelos serão realizados às 16 horas (de Brasília) de domingo, 09,

Palmeiras