PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras

Scarpa acha que Corinthians 'não tem culpa' caso não vença o Novorizontino

Gustavo Scarpa dribla jogadores da Inter de Limeira em jogo do Palmeiras - Cesar Greco/Palmeiras
Gustavo Scarpa dribla jogadores da Inter de Limeira em jogo do Palmeiras Imagem: Cesar Greco/Palmeiras

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

07/05/2021 22h25

Classificação e Jogos

A última rodada do Campeonato Paulista acontece neste domingo e reserva emoções para a torcida do Palmeiras, que precisa de uma combinação de resultados para conseguir se classificar para a próxima fase da competição.

Um dos resultados que acaba com as chances do Verdão é uma vitória do Novorizontino, que está na frente do time da capital paulista na classificação do grupo C. O último compromisso da equipe de Novo Horizonte é justamente contra o Corinthians, na Neo Química Arena. O meio-campo Gustavo Scarpa concedeu entrevista à ESPN nesta sexta-feira e falou sobre a situação:

"Nós somos os culpados, caso aconteça o pior, que seria não classificar. Tivemos oportunidades durante o campeonato e não soubemos aproveitar, acabamos deixando o campeonato até um pouco de lado e de uma forma correta, tínhamos outros compromissos mais importantes. Não acredito que o Corinthians vai ganhar a partida (contra o Novorizontino)", afirmou o jogador.

O atleta lembrou que, além de torcer pelo rival, o Palmeiras também precisa fazer sua parte neste fim de semana:

"Se isso realmente acontecer, eles não têm culpa nenhuma. O fato de chegar na última rodada dependendo dos outros é sinal de que não fizemos por onde. Mas vamos lutar até o fim, tentar vencer. Primeiro precisamos pensar na nossa vitória e depois torcer pro Corinthians ganhar dos caras lá", finalizou.

Rumores sobre a volta de Dudu

Scarpa também comentou sobre a possível volta do atacante Dudu. Em tom de brincadeira, o meio-campista falou que o ritmo frenético de jogos não dá espaço para os jogadores comentarem sobre esse tipo de assunto.

"É um assunto que a galera não está comentando muito e eu acho que é porque estamos fazendo muitos jogos. É concentrar, jogar e no outro dia já concentrar, viajar para jogar de novo. Não estamos trocando muita ideia sobre quem pode chegar ou sair do Palmeiras", explicou.

Mesmo assim, fez questão de elogiar o ex-companheiro de equipe: "Sem dúvidas é um jogador que dispensa comentários. Extremamente talentoso e, se ele voltasse, nos ajudaria de alguma forma. Temos que esperar os próximos dias e ver o que vai acontecer".

Palmeiras