PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Vitória do Palmeiras termina com desentendimento e tumulto a caminho dos vestiários

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

05/05/2021 00h13

Em uma reedição da última Recopa Sul-Americana, Palmeiras e Defensa y Justicia duelaram pela terceira rodada da Copa Libertadores na noite desta terça-feira. A partida, vencida pelo time alviverde, terminou com desentendimento entre os atletas e tumulto a caminho dos vestiários do Estádio Norberto Tomaghello.

Aparentemente, a discussão começou entre Felipe Melo e Benitez e ganhou corpo assim que a partida foi encerrada. O desentendimento continuou enquanto os dois elencos se deslocavam para a saída do gramado e virou tumulto no corredor que leva aos vestiários do acanhado estádio.

A transmissão televisiva da partida mostrou empurrões de ambas as partes e envolvimento de diferentes membros das delegações, além dos atletas. Rapidamente, a confusão iniciada em campo foi controlada e os jogadores enfim seguiram aos vestiários.

Dentro de campo, com duas assistências precisas de Luiz Adriano, Rony abriu 2 a 0 para o Palmeiras no segundo tempo. O Defensa y Justicia diminuiu por meio de Tripichio e pressionou durante os minutos finais, mas não conseguiu empatar o marcador.

Em situação confortável, com 100% de aproveitamento em três partidas, o Palmeiras lidera o Grupo A da Copa Libertadores com nove pontos ganhos. Já o Defensa y Justicia, segundo colocado, permanece com quatro pontos e pode ser alcançado pelo Independiente del Valle, que recebe o Universitario nesta quarta.

Pela 11ª rodada do Campeonato Paulista, o Palmeiras volta a campo para enfrentar o rival Santos já às 21 horas (de Brasília) desta quinta-feira, no Allianz Parque. Na Copa Libertadores, pela quarta rodada, o time alviverde pega o Independiente del Valle às 21h30 de terça, no Estádio Casa Blanca.

Futebol