PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Abel prevê lesões por maratona de jogos e pede paciência para mulheres dos atletas

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

17/04/2021 07h00

O jogo contra o São Paulo, realizado na noite de sexta-feira, foi o primeiro de uma sequência de 12 que o Palmeiras disputará em um intervalo de apenas 26 dias. Com uma maratona pela frente, o técnico Abel Ferreira prevê lesões e pede paciência para as mulheres de seus atletas.

"É um desafio novo para mim também. Nunca na minha vida como treinador tive tantos jogos seguidos. O ano passado já foi algo desafiante e, nesse ano, temos um desafio ainda maior. Meu desejo é não perder muitos jogadores por lesão, porque sei que vou perder. Não somos máquinas", declarou.

Diante do São Paulo, o técnico português já teve que lidar com uma série de desfalques. Lucas Lima (coxa direita), Gabriel Veron (coxa esquerda) e Breno Lopes (joelho direito) estão lesionados, enquanto Gabriel Menino e Raphael Veiga têm dores musculares.

"Uma das coisas que tenho que me preocupar em termos psicológicos é que as namoradas e esposas reclamem que os jogadores estão cansados. Chegam em casa cansados, têm que dormir. Dormem mais vezes fora do que em casa. A única coisa que me preocupa é exatamente essa", afirmou Abel.

"Os jogos estão marcados, eles sabem disso. Agora, minha psicologia é para que fiquem descansados e dizer às mulheres que precisam ter paciência nesse mês para deixá-los descansados. E ter calma, porque é normal que eles digam que estão cansados quando chegam em casa", completou.

Às 20 horas (de Brasília) deste domingo, pela sexta rodada do Campeonato Paulista, o desgastado Palmeiras enfrenta o Botafogo-SP, no Estádio Santa Cruz. Às 21 horas de quarta-feira, o time alviverde estreia na Copa Libertadores contra o Universitario, no Monumental de Lima.

Futebol