PUBLICIDADE
Topo

Santos

Presidente do Santos se posiciona contra vacinas compradas pela Conmebol

Andres Rueda, presidente do Santos - Ivan Storti/ Santos FC
Andres Rueda, presidente do Santos Imagem: Ivan Storti/ Santos FC

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

13/04/2021 14h44

O presidente Andrés Rueda, do Santos, se pronunciou sobre um assunto polêmico. Desde que a Conmebol manifestou interesse em comprar vacinas contra a covid-19, a fim de vacinar os atletas dos clubes de suas principais competições, há uma discussão sobre tal atitude. Em entrevista ao Seleção SporTV, o mandatário afirmou que, pessoalmente, é contrário a esta aquisição.

"Vou dar uma opinião mais pessoal, não vejo com bons olhos você começar a dar vantagem, acho desumano. Só porque sou presidente do clube vou tomar vacina na frente de um carregador de papelão? Isso demonstra que poder econômico pode determinar algo, mas vidas não têm preço. Está acima desta questão."

O futebol chegou a ficar quase um mês paralisado no Estado de São Paulo devido ao avanço da pandemia. O Brasil já soma mais de 355 mil mortes desde o começo de 2020. O país vacinou mais de 23 milhões de pessoas com a primeira dose, equivalente a pouco mais de 11% da população. Com a segunda dose, este número cai para 3,49%, segundo o consórcio de imprensa do qual o UOL faz parte.

Santos