PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Expulso, Abel parabeniza finalistas da Supercopa e reprova equipe de arbitragem

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

11/04/2021 14h56

Expulso no Estádio Mané Garrincha, Abel Ferreira viu de fora a derrota do Palmeiras nos pênaltis diante do Flamengo na tarde deste domingo. Após o vice na Supercopa do Brasil, o técnico português parabenizou os finalistas e reprovou a arbitragem liderada por Leandro Vuaden.

"As primeiras palavras são para os meus jogadores, pela grande partida que fizeram", iniciou. "Dou os parabéns também ao nosso adversário, porque conquistou mais um troféu. Foram duas grandes equipes. Quando se joga finais, a gente gosta de ver sempre três grandes equipes em campo. Mas, infelizmente, hoje só vimos duas", completou.

Abel Ferreira foi expulso ainda no primeiro tempo do confronto entre Palmeiras e Flamengo. Insatisfeito com uma decisão de Leandro Vuaden em campo, o técnico português foi advertido com o cartão vermelho e, minutos depois, por reclamação, acabou recebendo o vermelho.

"Fui expulso porque disse isso: 'Duas grandes equipes em campo, na minha opinião, mereciam um árbitro do mesmo nível'. Perguntei à minha diretoria se aqui havia classificação dos árbitros. Na Europa, o desempenho deles ao longo da temporada tem uma classificação", contou, com o cuidado de dizer que há "grandes árbitros" no Brasil.

Ainda no primeiro tempo, Vuaden chegou a marcar pênalti de Isla em Wesley, mas, orientado pelo VAR, mudou a decisão e assinalou apenas falta. Questionado sobre o lance específico, Abel Ferreira evitou comentá-lo e novamente elogiou os dois times.

"Minha equipe esteve muito, muito bem. Contra um time que também jogou muito bem. Foi uma grande promoção do futebol brasileiro. Dou os parabéns a quem ganhou e aos meus jogadores. Não posso tirar o brilho do jogo e falar de um elemento... Parabéns às duas equipes", declarou.

Futebol