PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras

Weverton aponta a falta de ritmo como um adversário do Palmeiras na Recopa

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

07/04/2021 08h00

Classificação e Jogos

Em busca de mais um título, o Palmeiras inicia a disputa da Recopa com o Defensa y Justicia às 21h30 (de Brasília) desta quarta-feira. A falta de ritmo será um dos obstáculos para o time brasileiro no Estádio Norberto Tomaghello, já que quatro prováveis integrantes do time titular não jogam há um mês.

O lateral direito Marcos Rocha, o volante Felipe Melo, o meia Raphael Veiga e o atacante Willian atuaram pela última vez na final da Copa do Brasil, disputada contra o Grêmio no dia 7 de março. Com o Campeonato Paulista paralisado, o elenco vem apenas treinando na Academia de Futebol.

"Queríamos estar atuando para ter um pouco mais de ritmo nessas partidas. Sabemos que nosso adversário vem jogando e tem um bom ritmo, mas vamos ter que superar e, como equipe, fazer uma grande partida", projetou Weverton em entrevista publicada no perfil da Recopa no Twitter.

Os zagueiros Luan e Gustavo Gomez, o lateral esquerdo Matias Viña, o volante Patrick de Paula e o atacante Rony, além do próprio Weverton, participaram do empate contra o São Bernardo. Disputado em 24 de março, o duelo pelo Campeonato Paulista foi o último do Palmeiras. Breno Lopes, por sua vez, jogou com a Ferroviária.

"Esse primeiro jogo será praticamente um mês após o último desse grupo todo. Então, acho que o grande desafio é a gente se preparar bem como equipe. Estar junto, retomar a confiança e o melhor futebol que, aos poucos, as coisas vão acontecendo naturalmente", disse Weverton, otimista.

"Estamos muito confiantes, felizes e unidos. O Abel vem treinando bastante o time e preparando para o adversário. Tenho certeza que serão dois grandes jogos. Esperamos que nossa equipe faça a diferença e que esteja todo mundo em alto nível para disputar uma grande final", afirmou o goleiro.

Palmeiras