PUBLICIDADE
Topo

Barcelona

Cinco recordes positivos (e um negativo) de Messi difíceis de acreditar

Messi comemora um de seus 663 gols com a camisa do Barcelona - David Ramos/Getty Images
Messi comemora um de seus 663 gols com a camisa do Barcelona Imagem: David Ramos/Getty Images

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

01/04/2021 10h51

Classificação e Jogos

O dia 1 de abril, conhecido como Dia da Mentira no Brasil, é famoso por carregar consigo algumas brincadeiras que costumam render boas risadas. Entrando neste clima, relembre alguns dos feitos mais absurdos do argentino Lionel Messi, que são difíceis de acreditar.

Maior artilheiro de um único clube (e em LaLiga): Considerando apenas os jogos oficiais na história do futebol, Lionel Messi acumulou uma enorme quantidade de gols: nada menos que 734 em 910 jogos no total entre Barcelona e Argentina. Somente pelo Barça os 663 tentos oficiais colocam o argentino no topo desta lista. Falando especificamente do Campeonato Espanhol, o camisa 10 disputou até o momento 511 partidas pelo clube catalão e marcou 467 gols, ultrapassando o recorde de Gerd Muller em torneios nacionais (365 em 427 jogos pelo Bayern na Alemanha). Isso, sem falar que é o jogador que mais vezes foi artilheiro da LaLiga, com sete troféus.

Está presente no "Livro dos Recordes": Apesar de ser o jogador com mais Bolas de Ouro na história e o segundo que levantou mais troféus do Espanhol (10), estando a apenas dois do ídolo do Real Madrid Paco Gento, com 12, Messi está no famoso "Livro dos Recordes" por outro motivo. Em 2012, o camisa 10 fez história ao anotar impressionantes 91 gols na temporada, sendo o atleta que mais balançou as redes em um só ano. Vale lembrar que deste montante, 50 gols foram somente em LaLiga, o que o deixa no posto de maior artilheiro de uma única edição do nacional.

Jogador com mais hat-tricks em LaLiga: O maior artilheiro da história do Barcelona e da seleção da Argentina, também é o dono do maior número de hat-tricks, quando o jogador marca três gols em uma mesma partida, na história do futebol espanhol. Afinal, em 36 oportunidades, o craque argentino "levou a bola para casa" no Campeonato Espanhol, ultrapassando justamente o recorde de Cristiano Ronaldo (34), obtido em dezembro de 2019. Em outras seis vezes, Messi ainda conseguiu fazer quatro gols. Isso, sem falar que ele marca ao menos 20 gols há 13 temporadas seguidas, o que representa mais um recorde para sua vasta lista.

Já marcou quase 30 gols de cabeça: Ao contrário do que muitos podem imaginar, Messi não é tão baixo quanto parece. No entanto, mesmo que pequeno perante aos grandes zagueiros das ligas europeias e das seleções, o argentino de 1,7m já conseguiu balançar as redes adversárias em 24 oportunidades de cabeça. O mais lembrado deles, muito provavelmente, é aquele marcado no dia 27 de maio de 2009, diante do então Manchester United de Cristiano Ronaldo, em plena final da Liga dos Campeões.

Cresce em jogo grande: Lionel Messi cresce quando o jogo é importante. Principalmente se for clássico contra as principais equipes espanholas. Prova disso é que seu gol de número 700 na carreira veio contra o Atlético de Madrid, a segunda maior vítima do argentino, com 32 gols sofridos. A equipe de Simeone só é superada pelo Sevilla, que sofreu incríveis 38 gols do camisa 10. O Valencia completa o pódio, vendo Messi mandar a bola para o fundo das redes em 29 oportunidades. Enquanto o Real Madrid, principal adversário a nível espanhol e mundial, é o quarto da lista com 26 gols. O Espanyol, rival local da Catalunha, completa o top-5, com 25 tentos contra.

(BÔNUS) Nunca conquistou um título profissional por seu país: Ainda no início de carreira, Lionel Messi liderou a Argentina na grande conquista do ouro nos Jogos Olímpicos de Pequim, na China, em 2008, além da Copa do Mundo da Fifa Sub-20, três anos antes. No profissional, foram quatro vices, sendo três na Copa América (2007, 2015 e 2016) e um na Copa do Mundo (2014).

Barcelona