PUBLICIDADE
Topo

Corinthians

Ataque do Corinthians vive maior jejum de gols desde abril de 2019

Vagner Mancini, técnico do Corinthians, durante partida contra o Bragantino - Diogo Reis/AGIF
Vagner Mancini, técnico do Corinthians, durante partida contra o Bragantino Imagem: Diogo Reis/AGIF

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

02/03/2021 07h00

A estreia do Corinthians na temporada de 2021 foi semelhante ao término da temporada de 2020. No domingo, o Timão empatou sem gols com o Red Bull Bragantino, no Nabi Abi Chedid, e chegou ao seu terceiro 0 a 0 consecutivo. O resultado também fez com que o ataque alvinegro alcançasse seu maior jejum de gols em quase dois anos.

Atualmente, o clube do Parque São Jorge não marca há quatro partidas. Além dos empates contra Bragantino, Internacional e Vasco, a equipe de Vagner Mancini ainda foi derrotado por 1 a 0 pelo Santos. O último tento também aconteceu em um revés, mas para o Flamengo, por 2 a 1. Todos os confrontos ocorreram em fevereiro.

A última vez que o Corinthians ficou quatro duelos sem balançar as redes adversárias foi em abril de 2019. Na ocasião, o time então comandado por Fábio Carille perdeu para Ceará, Santos e Chapecoense por 1 a 0 e empatou com o São Paulo. Foram 105 jogos entre uma série negativa e outra.

Além da má fase ofensiva, o Corinthians também não vence há seis partidas. A sequência é a pior desde outubro de 2019, quando o Alvinegro ficou oito confrontos sem triunfar, empatando com Grêmio, Athletico-PR, Goiás e Santos e perdendo para São Paulo, Cruzeiro, CSA e Flamengo.

Defensivamente, no entanto, o Timão vive um bom momento. A equipe de Mancini não foi vazada nas últimas três aparições e está a um jogo de igualar sua melhor série sob o comando do técnico, entre novembro e dezembro do ano passado.

O próximo compromisso do Corinthians é logo um Derby. Nesta quarta-feira (3), o clube do Parque São Jorge enfrenta o Palmeiras, às 19 horas (de Brasília), na Neo Química Arena, pela segunda rodada do Campeonato Paulista.

Corinthians