PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Compreensivo com Luan, Abel fala sobre vantagem: "Temos que continuar alertas"

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

01/03/2021 00h10

Mesmo com a expulsão de Luan, o Palmeiras venceu o Grêmio por 1 a 0 na primeira final da Copa do Brasil, disputada na noite deste domingo. Em Porto Alegre, o técnico Abel Ferreira adotou tom compreensivo para falar sobre seu zagueiro e mediu as palavras ao avaliar a vantagem para o confronto decisivo.

O Palmeiras abriu o marcador com gol de cabeça de Gustavo Gomez no primeiro tempo e manteve a superioridade no segundo. Aos 18 minutos, porém, Luan desferiu uma cotovelada no rosto de Diego Souza ao proteger a bola e acabou expulso pelo árbitro Marcelo de Lima Henrique.

"Eu já tive a oportunidade de falar com o Luan. Sei que os jogadores, nessas circunstâncias, querem proteger a bola. Ele é alto e o adversário era mais baixo. As pessoas vão dizer que foi imprudente, mas eu fui jogador e sei como são esses lances. Penso que a equipe, depois, soube compensar com um a menos", disse Abel Ferreira.

Com o resultado, o Palmeiras garante o título com um empate na segunda final, enquanto vitória simples do Grêmio leva aos pênaltis - na Copa do Brasil, não há gol qualificado. O confronto decisivo está marcado para as 18 horas (de Brasília) de domingo, no Allianz Parque.

"Foram duas grandes equipes que se enfrentaram, sabendo que se decide em dois jogos. Estamos na primeira parte e, nesse momento, em vantagem, mas temos que continuar alertas e nada nos garante nada. Temos que continuar focados em nossas tarefas individuais e coletivas", discursou Abel, satisfeito com o desempenho de seu time.

"Acho que fizemos um jogo muito consistente e as oportunidades mais flagrantes foram nossas. Mesmo depois de ter feito o gol, tivemos uma com Luiz Adriano e outra, com Rony. Faltou só um pouco mais calma. Fomos eficazes na nossa forma de defender e acredito que, nessa primeira parte do jogo, fomos os justos vencedores", disse Abel.

Futebol