PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Presidente do Benfica exige que Jorge Jesus leve time à Liga dos Campeões

Jorge Jesus durante a partida entre Benfica e Arsenal pela Liga Europa - REUTERS/Alkis Konstantinidis
Jorge Jesus durante a partida entre Benfica e Arsenal pela Liga Europa Imagem: REUTERS/Alkis Konstantinidis

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

27/02/2021 20h39

O Benfica foi eliminado da Liga Europa anteontem (25), ao ser derrotado pelo Arsenal por 3 a 2. Longe da liderança do Campeonato Português - 16 pontos atrás do Sporting -, resta ao time de Jorge Jesus brigar por uma vaga direta na fase de grupos da Liga dos Campeões na próxima temporada. E é isso que o presidente do clube, Luís Filipe Vieira, exige do treinador ex-Flamengo, segundo o jornal português A Bola.

O principal motivo é financeiro. Classificar o time para o torneio continental garante a entrada de no mínimo 40 milhões de euros (R$ 270 milhões) nos cofres do Benfica. Além de equilibrar as finanças, a quantia é imprescindível para possíveis investimentos no futebol da equipe. Sem o dinheiro, a venda de jogadores é vista como inevitável.

Para atingir o objetivo, o Benfica, atualmente na quarta posição, precisa terminar o Português na segunda colocação. O atual vice-líder é o Porto, seis pontos na frente do time de Lisboa.

Caso acabe em terceiro, a equipe teria que disputar uma fase preliminar, o que não é visto com bons olhos devido à experiência nesta temporada, em que o Benfica perdeu para o PAOK de Abel Ferreira, hoje no Palmeiras.

Esporte