PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Vizolli comenta sobre aposta no 3-5-2: "Muricy teve participação grandiosa"

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

26/02/2021 01h05

O treinador interino do São Paulo, Marcos Vizolli, admitiu a participação de Muricy Ramalho, coordenador técnico, na mudança de esquema tático para enfrentar o Flamengo. Nesta quinta-feira, o Tricolor entrou em campo com a formação 3-5-2, priorizando a defesa, e a estratégia deu certo: vitória por 2 a 1, mantendo a invencibilidade contra o Rubro-Negro na atual temporada.

"Na realidade, quando perdemos para o Botafogo, tinha em mente mudar o sistema para 3-5-2, corri o risco de algumas situações, até porque era um sistema novo, com um grupo que vinha trabalhando a mesma formação há muito tempo. Jogando contra o Flamengo, debati com as pessoas que trabalham comigo, coloquei na mente que a gente poderia ter uma profundidade maior, defesa mais sólida para jogar contra um time como o Flamengo", explicou Vizolli.

Contando com o suporte de Muricy Ramalho, o treinador interino do São Paulo pôde apostar na estratégia com mais tranquilidade. O coordenador técnico tricolor é suspeito. Quando ainda atuava à beira do campo, Muricy faturou três títulos brasileiros consecutivos muitas vezes adotando um esquema com três zagueiros.

"Sem dúvida o Muricy teve participação grandiosa nisso, porque o debate final foi com ele. Eu gosto desse sistema, mas ele conhece bastante, porque ele foi campeão brasileiro três vezes assim. No jogo de hoje ele nos ajudou principalmente no aspecto de liberar os jogadores de profundidade e ter uma defesa sólida, contra um ataque muito poderoso como o do Flamengo", completou o técnico interino do São Paulo.

Nesta sexta-feira, o Tricolor se reapresenta já de olho em sua estreia no Campeonato Paulista, domingo, contra o Botafogo-SP. Hernán Crespo deverá comandar o primeiro treinamento à frente do São Paulo, mas ainda aguarda a conclusão do trâmite burocrático para poder estar à beira do campo em jogos oficiais.

Futebol