PUBLICIDADE
Topo

São Paulo

Em meio a críticas, Pablo volta a marcar pelo São Paulo e ganha elogio

Pablo comemora um dos gols que fez contra o Santos na vitória do São Paulo - Rubens Chiri/São Paulo
Pablo comemora um dos gols que fez contra o Santos na vitória do São Paulo Imagem: Rubens Chiri/São Paulo

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

26/02/2021 09h00

Pablo voltou a balançar as redes nesta quinta-feira, na vitória por 2 a 1 do São Paulo sobre o Flamengo, no Morumbi. Responsável por garantir o resultado positivo ao Tricolor, o camisa 9 ganhou elogios do técnico interino Marcos Vizolli, que procurou fortalece-lo em meio às fortes críticas de boa parte da torcida.

"O Pablo, quando foi contratado pelo São Paulo, veio como uma promessa. Para jogar nesse clube aqui, precisa-se de muito mais coisas do que simplesmente ser jogador de futebol. Tem que ser profissional, brigar pela camisa. O Pablo estava passando por problemas de relacionamento, não com a comissão técnica, mas com o torcedor, com a bola, com o treino. Mas isso passa. Para quem talento, isso passa", afirmou o técnico interino do São Paulo.

Foi justamente contra o Flamengo que Pablo havia balançado as redes pela última vez na atual temporada. Na volta das quartas de final da Copa do Brasil, no Morumbi, o camisa 9 marcou o terceiro gol da vitória por 3 a 0. Do dia 18 de novembro até a última quinta (25), a contratação mais cara da história do São Paulo teve de lidar com a má fase e a impaciência da torcida.

"Como tivemos um ano difícil, só falamos de campeonato, mas esquecemos da pandemia, que ele teve problema na família, está tendo outro agora com o avô. O torcedor não sabe, acha que entra para jogar, contratação mais cara do clube, tem que dar uma resposta. Claro que tem, mas o Pablo precisava disso, um jogo difícil, e ele fez o gol. Tenho muita esperança nesse menino, ele é realmente um gentleman. O torcedor são-paulino tem que esperar muita coisa boa dele", concluiu Vizolli.

Mesmo em má fase e não gozando de tanto prestígio no São Paulo, Pablo terminou a temporada de 2020 como terceiro maior goleador do time, com 12 gols, atrás apenas de Brenner, com 22, e Luciano, com 21 tentos.

São Paulo