PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras

Abel tira lições do Mundial de Clubes: "Cicatrizes vão nos tornar mais fortes"

Abel Ferreira, técnico do Palmeiras, durante a partida contra o Al Ahly - Picture alliance via Getty Images
Abel Ferreira, técnico do Palmeiras, durante a partida contra o Al Ahly Imagem: Picture alliance via Getty Images

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

12/02/2021 06h00

Classificação e Jogos

Em uma campanha decepcionante, o Palmeiras encerrou o Mundial de Clubes disputado no Catar apenas na quarta colocação. Após a derrota nos pênaltis diante do Al Ahly, sofrida na tarde de quinta-feira (11), o técnico português Abel Ferreira procurou tirar lições da participação no torneio.

"Temos que aprender com essa experiência. Saímos com cicatrizes e alguns golpes, mas, seguramente, no futuro essas cicatrizes vão nos tornar mais fortes e preparados para, quando isso acontecer novamente, dar uma resposta com toda a aprendizagem que fizemos aqui", afirmou.

Na semifinal, com gol de pênalti convertido por Gignac, o Palmeiras acabou vencido por 1 a 0 pelo mexicano Tigres. Na decisão do terceiro lugar, após uma partida equilibrada diante do egípcio Al Ahly, a equipe alviverde perdeu por 3 a 2 nos pênaltis, já que Rony, Luiz Adriano e Felipe Melo falharam.

"Foi a primeira vez que estive aqui e, para mim, é tudo novo. Sou um treinador extremamente jovem e meu time também é. Portanto, para nós, foi uma grande oportunidade vir ao Mundial e crescer com essa experiência. Foi negativa, temos que assumir. Mas a vida já me ensinou que, nos momentos de dor, devemos aprender", disse Abel.

Pelas finais da Copa do Brasil, o Palmeiras enfrenta o Grêmio nos dias 28 de fevereiro e 7 de março. Nas decisões da Recopa Sul-Americana, o time dirigido por Abel Ferreira pega o argentino Defensa y Justicia em 7 e 14 de abril. Nos dois torneios, o segundo jogo será realizado em São Paulo.

"É sempre muito bom ganhar, mas também precisamos saber perder. Temos que, agora, fazer as nossas reflexões e ouvir as críticas, mas entender que o caminho é em frente. É através desses jogos que nos preparamos para as finais que temos e para continuar a colecionar títulos", projetou o técnico português.

Palmeiras