PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Aproveitamento ruim contra equipes do G6 é empecilho para o Palmeiras no Brasileirão

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

23/01/2021 05h00

A atual temporada do Palmeiras é uma das melhores da história do clube. Campeão paulista e finalista da Copa do Brasil e da Libertadores, o Verdão também briga na parte de cima da tabela do Campeonato Brasileiro. O desempenho ruim contra equipes do G6, no entanto, tem dificultado uma possível disputa pela liderança da competição.

Até o momento, o Alviverde fez oito jogos contra os clubes que se encontram na zona de classificação para a Libertadores. Ao todo, foram três derrotas, quatro empates e apenas uma vitória, aproveitamento de 29,1% dos pontos disputados.

O único triunfo foi contra o Atlético-MG, por 3 a 0, no Allianz Parque, em duelo válido pela 19ª rodada do Brasileirão. Já os empates foram contra Internacional, Grêmio, duas vezes, e Flamengo. Os reveses, por fim, ocorreram contra São Paulo, Internacional e Flamengo, este na última quinta-feira.

Além dos resultados ruins, o Palmeiras também teve um desempenho ofensivo e defensivo abaixo do esperado contra as melhores equipes da competição nacional. Foram sete gols marcados e 10 concedidos.

Até o fim do Campeonato Brasileiro, a equipe comandada por Abel Ferreira ainda vai enfrentar mais dois rivais diretos na briga pelo título, ambos fora de casa. Pela 34ª rodada, o Verdão encara o São Paulo, atual vice-líder do torneio, no Morumbi. Já na 38ª e última rodada, o Alviverde enfrenta o Atlético-MG no Mineirão.

Atualmente, o Palmeiras está na quinta posição do Brasileirão, com 51 pontos, oito a menos que o Internacional, primeiro colocado. No domingo, o clube visita o Ceará, no Castelão, às 16h (de Brasília).

Futebol