PUBLICIDADE
Topo

Santos

Cuca lamenta, mas não reclama da maratona antes da final da Libertadores

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

18/01/2021 05h00

Classificação e Jogos

Questionado sobre o calendário apertado e o fato de ter uma viagem que o Palmeiras não terá antes da final da Copa Libertadores, o técnico Cuca evitou criticar a CBF.

O clássico entre Santos e Palmeiras que decidirá a competição continental está agendado para o dia 30, às 17 horas, no Maracanã, mas antes as duas equipes terão que passar por uma sequência apertada de jogos.

"O que você vai fazer? Manoel Flores (diretor de competições da CBF), eu falei com ele. Os caras estão apertados, não tem data. Podia se fazer o jogo na quarta, o Palmeiras pediu para fazer na terça, todos os times vão ter o tempo de descanso igual. Nós vamos ter a desvantagem da viagem, enquanto o Palmeiras joga em casa. Lógico que você não vai conseguir pôr todos os jogadores, então, vamos pensar, mas não tem como culpar ninguém, não. Calendário apertado, pandemia e temos de ser parceiros nesse momento".

O Santos vai encarar o Atlético-MG, em Belo Horizonte, dia 26, às 20 horas. No mesmo dia e horário, o Palmeiras vai receber o Vasco, em São Paulo.

Dois dias antes, ambos terão outros compromissos pelo Campeonato Brasileiro. Nesse caso, os mandos se invertem: o Santos jogará em casa contra o Goiás e o Palmeiras viajará para enfrentar o Ceará.

Santos