PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Vasco tenta acabar com a má fase diante do Caracas pela Sul-Americana

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

27/10/2020 20h00

O Vasco emplacou uma série negativa no Campeonato Brasileiro. No entanto, os cruzmaltinos terão a chance de buscar a recuperação nesta quarta-feira, contra o Caracas-VEN, em São Januário, pela Sul-Americana.

Os cruzmaltinos vão a campo tendo que acabar com a sequência de nove jogos sem vencer e fazer boa vantagem visando o duelo da volta. O técnico Ricardo Sá Pinto teve tempo para trabalhar visando este duelo.

A Sul-Americana é vista pelo Vasco como a principal chance de título da temporada. O meia Carlinhos afirmou que a equipe está preparada para o duelo.

"É uma competição muito importante. Será o nosso próximo jogo, então o foco está total numa boa atuação em São Januário. Estamos tendo uma semana cheia de treinamentos e temos aproveitado para nos preparar bastante mentalmente e fisicamente. Vamos dar o nosso melhor para fazer um grande jogo e seguir na competição. É o nosso principal objetivo", disse.

Para esta partida, Sá Pinto não deu indícios sobre a escalação. Martín Benítez e Germán Cano, em recuperação de problemas físicos, são dúvidas. Quem deve começar entre os titulares é o recém-chegado Leonardo Gil, que foi bem contra o Corinthians.

O Caracas viveu uma verdadeira maratona para chegar ao Rio de Janeiro. Os venezuelanos esperaram dez horas para embarcar e ainda mais de viagem até a capital carioca.

Os visitantes quase avançaram para as oitavas de final da Libertadores, mas perderam a vaga nos critérios de desempate. No entanto, o Caracas vem de maus resultados nos últimos jogos.

FICHA TÉCNICA:

VASCO-BRA X CARACAS-VEN

Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)

Data: 28 de outubro de 2020, quarta-feira

Hora: 21h30 (de Brasília)

Árbitro: Michael Espinoza (Peru)

Assistentes: Coty Carrera (Peru) e Raul Lopes Cruz (Peru)

VASCO: Fernando Miguel, Cayo Tenório, Miranda, Leandro Castán e Henrique; Andrey, Leonardo Gil e Carlinhos; Vinícius (Martín Benítez), Talles Magno e Germán Cano (Ribamar)

Técnico: Ricardo Sá Pinto

CARACAS: Velasquez, Zuñiga, Villanueva, Ribero e Osio; Andreutti, Flores, Osei, Contreras e Hernández; Blanco

Técnico: Noel Sanvicente

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.

Futebol