PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Sapesp planeja intervenção caso imbróglio salarial do São Caetano não seja resolvido

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

20/10/2020 23h59

O Sindicato de Atletas de São Paulo (Sapesp) emitiu um comunicado afirmando que acompanha o imbróglio salarial envolvendo os jogadores do São Caetano e que planeja tomar providências caso a situação permaneça sem resolução.

A nota da entidade destaca que o clube "não vêm honrando com suas obrigações trabalhistas", o que levou atletas do elenco a rescindirem seus vínculos com o Azulão. Além disso, reforça que o recebimento salarial é um "direito fundamental do trabalhador".

O São Caetano atravessa graves problemas financeiros que levaram os jogadores a cogitarem não jogar contra o Joinville nesta quarta-feira, pela Série D, por não terem recebido seus respectivos salários. Para tentar solucionar o problema, o investidor do clube garantiu que quitará as pendências junto ao elenco, mas o Sapesp segue monitorando a situação para garantir que os pagamentos serão realizados.

Confira o comunicado do Sapesp na íntegra:

O Sindicato de Atletas de São Paulo acompanha de perto os problemas enfrentados pelo elenco da Associação Desportiva São Caetano. A situação do clube há algum tempo vem se complicando.

A agremiação não vem honrando suas obrigações trabalhistas, fato que levou diversos jogadores a decidirem pela rescisão de seus contratos após o título do estadual.

Na semana passada, o Sindicato de Atletas SP foi comunicado oficialmente pelos jogadores a respeito da situação calamitosa.

Devido ao não recebimento dos honorários, que é direito fundamental do trabalhador, o elenco cogitou não entrar em campo nesta quarta-feira (21/10) contra o Joinville, pela oitava rodada do Grupo H da Série D do Brasileiro.

Sabendo da insatisfação dos atletas, o investidor do clube entrou em contato com o elenco garantindo que pagará os valores pendentes.

Após a conversa, o elenco decidiu viajar e irá a campo.

O Sindicato continuará acompanhando a situação de perto e está à disposição para intervenções. Caso não ocorra o pagamento combinado, as providências serão tomadas logo após a manifestação formal do elenco.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.

Futebol