PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Falta de criatividade do Corinthians faz com que Jô e Boselli não tenham chance de finalizar

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

20/10/2020 07h00

Não bastasse os problemas defensivos, o Corinthians também não tem conseguido criar oportunidades de gol para os seus centroavantes.

Para se ter uma ideia, a última vez que Jô chutou uma bola no gol foi no empate por 0 a 0, com o Atlético-GO, há seis rodadas. O camisa 77 passou os duelos contra Bragantino, Santos, Ceará e Athletico-PR sem ter uma única chance de concluir.

No último domingo, Mauro Boselli assumiu o posto devido a uma contratura na panturrilha do seu concorrente, mas o cenário não mudou.

O argentino também passou o jogo com o Flamengo sem arriscar uma bola no gol. Quando entrou na vaga de Jô frente ao Furacão, Boselli também não teve oportunidade. A última tentativa de Boselli foi contra o Santos, mas ela sequer acertou o alvo.

Jê tem cinco gols na temporada. Boselli é o artilheiro do elenco, com seis tentos. Os jejuns, porém, são longos. O brasileiro não vai às redes há 10 rodadas (duelo com o Botafogo, 2 a 2, na Arena). Já o gringo não comemorou um gol desde fevereiro (partida contra o Santo André, 1 a 1, na Arena).

Depois de vencer o Bahia, por 3 a 2, o Corinthians acumulou três derrotas, três empates e uma vitória. Nesse período, os centroavantes conseguiram apenas oito finalizações, sendo apenas duas no gol, ambas de Jô.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.

Futebol