Mais um na lista? São Paulo assombra Corinthians com fantasma para António

São Paulo e Corinthians se encontram neste domingo (16), na Neo Química Arena, em momentos distintos, e o Majestoso pode ter reflexos que extrapolam as quatro linhas. Enquanto Luis Zubeldía surfa a onda da invencibilidade no Tricolor, António Oliveira oscila e pode ser mais uma vítima do clássico mais "mortal" aos treinadores alvinegros.

Em meio à crise nos bastidores, e resultados aquém do esperado em campo, a diretoria corintiana colocou Fábio Carille, que está no Santos, no radar. A avaliação sobre o trabalho do atual treinador não é nova, mas ganha cada vez mais corpo em meio aos tropeços.

Lista pode aumentar?

O São Paulo desembarca para a partida tendo o favoritismo ao seu lado. A equipe do MorumBis tem a chance de ampliar a turbulência no rival.

O Tricolor é o clube que mais causou demissões de treinadores do Corinthians: desde 1930, foram 15 na história do clássico. No caminho inverso, foram cinco desligamentos.

O período com maior número de quedas foi o dos anos 2000. Foram seis, com Júnior (2003), Juninho Fonseca (2004), Tite (2005), Daniel Passarella (2005), Antônio Lopes (2006) e Ademar Braga (2006).

Fábio Carille, técnico do Santos, durante jogo contra o Operário-PR
Fábio Carille, técnico do Santos, durante jogo contra o Operário-PR Imagem: Joao Vitor Rezende Borba/AGIF

Carille, que vem de quatro derrotas seguidas no Santos, esteve recentemente na mira do Corinthians. De acordo com Samir Carvalho, colunista do UOL, o treinador multicampeão no alvinegro entrou na pauta quando António Oliveira correu riscos antes da vitória sobre o Fluminense, por 3 a 0, ainda no dia 28 de abril. Caso o Corinthians perdesse aquele confronto, a diretoria enviaria a proposta oficial ao seu ex-comandante.

Zubeldía, por outro lado, caminha para se consolidar no São Paulo. O treinador argentino tem 11 jogos à frente do Tricolor, com oito vitórias e três empates.

Turbulências para uns...

O Corinthians se encontra em crise, e até mesmo o impeachment do presidente Augusto Melo é debatido. As últimas semanas foram conturbadas, com rescisão de patrocinador e saída de dirigentes diante de uma investigação envolvendo "laranja".

Continua após a publicidade

Com seis pontos, o Timão se encontra próximo à zona de rebaixamento do Brasileirão. Uma derrota no Majestoso pode representar novas mudanças no clube.

... céu de brigadeiro para outros

O São Paulo está invicto com Zubeldía e ocupa a parte superior da tabela. O time busca o triunfo na tentativa de voltar ao G4 da competição.

O treinador ainda busca a melhor formação. A posição de Lucas e a função de Luciano despertam discussões, mas os resultados dão a tranquilidade necessária para o argentino trabalhar sem pressão.

Demissões após o Majestoso

No Corinthians

Continua após a publicidade

Joseph Tiger (1944)
Alcides Aguiar (1946)
Rato (1954)
Osvaldo Brandão (1957)
João Lima (1961)
Dino Sani (1970)
Dino Sani (1975) - segunda vez
Julinho (1981)
Cilinho (1991)
Júnior (2003)
Juninho Fonseca (2004)
Tite (2005)
Daniel Passarella (2005)
Antônio Lopes (2006)
Ademar Braga (2006)

No São Paulo

Ignaz Amsel (1938)
Carlos Alberto Silva (1990)
Nelsinho Baptista (2002)
Ney Franco (2012)
Diego Aguirre (2018)

Deixe seu comentário

Só para assinantes