PUBLICIDADE
Topo

Corinthians

Cássio: "Corinthians lutou com o que tinha, e a recompensa veio"

Cássio defendeu dois pênaltis na disputa que levou o Corinthians a eliminar o Boca Juniors na Bombonera - Staff Images / Conmebol
Cássio defendeu dois pênaltis na disputa que levou o Corinthians a eliminar o Boca Juniors na Bombonera Imagem: Staff Images / Conmebol

Do UOL, em São Paulo

06/07/2022 01h30

Classificação e Jogos

É com orgulho que o goleiro Cássio encara a classificação do Corinthians na Bombonera, na noite desta terça-feira (5), após empate sem gols no tempo normal e vitória sobre o Boca Juniors por 6 a 5 nos pênaltis. Em entrevista coletiva, o ídolo alvinegro falou da superação do grupo em meio a uma série de lesões.

"Temos que ler o jogo e fazer o que se pode fazer no decorrer do jogo. Nós estávamos com muitos lesionados, que tentaram até o último minuto estar aqui, mas não estavam aptos. Lutamos com o que a gente tinha aqui, e todo mundo se dedicou, vestiu a camisa. E a recompensa veio com a classificação", celebrou o camisa 12, que foi o grande herói da classificação ao defender duas cobranças na disputa por pênaltis.

Cássio já tinha falado sobre os desfalques pouco antes da coletiva, ainda na saída do gramado. "Por mais desfalques que a gente tenha, não focamos nos problemas e sim em tudo o que temos para fazer de melhor", afirmou. "A gente não se acomoda com as situações. Quando perdemos uma partida, não achamos que somos o pior time; e mesmo ganhando e conseguindo a classificação, tenho certeza que amanhã o Mister [Vítor Pereira] já vai voltar ao normal. O que passou hoje ficou para trás; vamos seguir em frente. É este o espírito."

O goleiro havia jogado na Bombonera em outras três oportunidades: na final da Libertadores em 2012, nas oitavas do ano seguinte e, mais recentemente, na fase de grupos da competição atual. Ele elege esta noite épica como sua melhor experiência no estádio.

"Joguei algumas vezes aqui, mas penso que esse foi o melhor resultado, esta classificação. É muito difícil eliminar o Boca, que é uma equipe muito competente e tem uma torcida que nem preciso falar. Feliz pela classificação, por a gente conseguir e pelo torcedor. Jogamos da maneira que deu para jogar, sofremos, soubemos sofrer. Nos pênaltis, fomos mais competentes e saímos com a classificação", completou.

Cássio e o Corinthians agora aguardam a definição do adversário das quartas de final da Libertadores: pode ser Flamengo ou Tolima (COL), que jogam nesta quarta-feira (6), no Maracanã, após o time carioca vencer o jogo de ida por 1 a 0.

Corinthians