PUBLICIDADE
Topo

Futebol

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Mauro Cezar: Gabigol precisa superar lado 'neymaresco' e amadurecer

Do UOL, em São Paulo

04/07/2022 12h25

O Flamengo diminuiu a distância para o líder Palmeiras no Brasileirão ao vencer o Santos por 2 a 1, com Gabigol entrando no segundo tempo e decidindo ao marcar o gol da vitória. Mas o jogo também teve mais um cartão amarelo para o atacante, que discutiu com Vinícius Zanocelo.

No podcast Posse de Bola #242, Mauro Cezar Pereira afirma que o goleador rubro-negro precisa amadurecer e evitar situações nas quais pode deixa o time na mão, lembrando que a discussão com o jogador do Santos foi antes de ele marcar para desempatar a partida na Vila Belmiro.

"Como o Gabriel faz o gol, todo mundo 'ah esse é o pacote completo'. Eu acho que o pacote completo do Gabigol está na hora de lançar uma versão 2.0 e essa versão tem que vir com um item de fábrica que é o seguinte, um pouco mais de malandragem e inteligência dentro de campo, não pode pegar pilha por qualquer coisa. Ele tomou uma porrada, ok que fique com raiva, mas não dá para ele toda hora querer peitar o adversário", diz Mauro Cezar.

"O [árbitro Anderson] Daronco deu amarelo, porque não teve agressão, então foi bem dado. Mas se fosse um árbitro disposto a expulsar um de cada lado, ele seria expulso e se ele fosse expulso não estaria em campo para fazer o gol da vitória, ele está em campo para fazer o gol da vitória, não para ficar brigando com ninguém", completa.

O jornalista afirma que essa postura que muitas vezes lembra a de Neymar e cobra que ele amadureça, já que está com quase 10 anos de carreira e se prejudica ao brigar tanto em campo.

"Esse lado meio 'neymaresco' aí do Gabigol eu acho que ele precisa superar, tem que amadurecer, vaI fazer 26 anos mês que vem, já não é mais o garotinho de 16 anos que estreou no Santos, já vai fazer 10 anos de profissional quase, ele começou com 16 no time profissional do Santos. Acho que esse é um ponto também que tem que ser discutido internamente", diz Mauro Cezar.

"Não sei se alguém tem condições de chegar para o Gabigol e falar qualquer coisa, mas eu vejo desta forma e isso não é discussão sobre o seu valor para o clube e a sua importância, o valor dele para o Flamengo está fora de discussão", conclui.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas e sextas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter).

A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts. Você pode ouvir, por exemplo, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts, Amazon Music e Youtube --neste último, também em vídeo. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

Futebol