PUBLICIDADE
Topo

Corinthians

Como lesões e decisões fazem Corinthians pegar Flu com reservas de reservas

Vítor Pereira administra desgaste dos titulares que restaram e deve usar vários jovens da base no Maracanã - Rodrigo Coca/Agência Corinthians
Vítor Pereira administra desgaste dos titulares que restaram e deve usar vários jovens da base no Maracanã Imagem: Rodrigo Coca/Agência Corinthians

Arthur Sandes

Do UOL, em São Paulo

02/07/2022 04h00

Classificação e Jogos

Vítor Pereira vive situação inédita na carreira de treinador: montar uma escalação em meio ao pesado pacote de desfalques. São nove desfalques por lesão, um por suspensão e mais três que deixaram o clube nesta semana. Somado a isso, o português precisa poupar os atletas que pretende usar daqui a três dias, na volta contra o Boca Juniores, pela Libertadores. Não é à toa que o Corinthians possivelmente vai visitar o Fluminense com um time todo descaracterizado, às 16h30 (de Brasília), no Maracanã, pela 15ª rodada do Brasileirão.

O Corinthians não tem força máxima à disposição de Vítor Pereira há dois meses, e as lesões têm aumentado a cada jogo. A lista de lesionados da última atualização oficial tinha sete nomes (Gil, Rafael Ramos, Du Queiroz, Maycon, Paulinho, Renato Augusto e Gustavo Mosquito), enquanto que Fagner e Willian saíram com dores da partida contra o Boca, em São Paulo. O clube só divulga os diagnósticos em dias de jogo, mas nenhum deles deve jogar hoje.

Roni também é desfalque porque está suspenso (acúmulo de cartões). Ivan e Gustavo Mantuan foram negociados com o Zenit (RUS) e naturalmente não enfrentam o Fluminense, assim como João Pedro, pois seu contrato de empréstimo venceu nos últimos dias.

Todos os nomes citados acima estão fora do jogo por força maior, não por escolha técnica, no entanto, VP ainda tem mais uma preocupação: não desgastar os titulares que restaram saudáveis. Este é o caso de João Victor, Raul Gustavo, Lucas Piton, Giuliano, Adson e Roger Guedes, por exemplo. Eles enfrentaram o Boca Juniors no último jogo e devem ser usados de novo na terça-feira (5), em Buenos Aires, na volta das oitavas de final da Libertadores.

"Nunca na minha carreira tive um cenário destes, esta realidade. Realmente são muitos jogadores, dá quase para fazer um time. Agora temos muito menos soluções, mas é certo que o espírito está em campo. Continuamos a tentar sobreviver a esta maré, a esta tempestade, tentar nos manter vivos"
Vítor Pereira, em entrevista coletiva na terça-feira (28)

"Miúdos" ganham chance no RJ

A quantidade de desfalques deixa buracos no elenco, e quem os preenche são os jovens das categorias de base. São os "miúdos", como Vítor Pereira gosta de chamá-los em suas entrevistas. Já foi assim na terça-feira (28), quando oito deles terminaram a partida contra o Boca Juniors, e no Maracanã acontecerá de novo. Os garotos terão sua chance de mostrar serviço.

Robert Renan, por exemplo, deve ser titular no profissional pela terceira vez no ano (e na carreira). Assim como Felipe Augusto, que começou jogando contra o Santos, sábado (25), e pode repetir a dose contra o Fluminense. Matheus Araújo, Giovane e Wesley podem viver esta experiência pela primeira vez, e Guilherme Biro pode jogar seus primeiros minutos no time principal.

O Corinthians abre a rodada na vice-liderança do Brasileirão, com 26 pontos e a três do rival Palmeiras. O Alvinegro não perde há seis jogos, mas vem de dois empates sem gols contra Santos e Boca; enquanto o Fluminense vem de três vitórias e teve a semana inteira para treinos após bater o Botafogo por 1 a 0 no domingo (26).

FICHA TÉCNICA:

FLUMINENSE x CORINTHIANS
Competição:
Campeonato Brasileiro - 15ª rodada
Data e horário: 2 de julho de 2022 (sábado), às 16h30 (de Brasília)
Local: Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (Fifa/GO)
Assistentes: Bruno Raphael Pires (Fifa/GO) e Bruno Boschilia (Fifa/PR)
VAR: Pablo Ramon Goncalves Pinheiro (RN)

FLUMINENSE: Fábio; Samuel Xavier, Nino, Manoel, Caio Paulista, André, Welington (Felipe Melo), PH Ganso, Luiz Henrique, Jhon Arias e Cano. Técnico: Fernando Diniz.

CORINTHIANS: Cássio; Bruno Méndez (Léo Mana), Robert Renan, Robson Bambu e Bruno Melo (Fábio Santos); Xavier, Cantillo e Matheus Araújo; Giovane, Wesley e Júnior Moraes. Técnico: Vítor Pereira.

A libertação corintiana

Dez anos depois do primeiro título do Corinthians na Copa Libertadores, o UOL lança "A libertação corintiana", documentário que reúne as histórias nunca contadas daquela partida. Produzido por MOV, a produtora audiovisual do UOL, o filme está disponível para assinantes do UOL Play.

Corinthians