PUBLICIDADE
Topo

São Paulo

Com quase um time de baixas, São Paulo aposta em Cotia para decisão na Sula

Calleri, do São Paulo, é expulso em jogo contra a Universidad Católica pela Sul-Americana - JAVIER TORRES / AFP
Calleri, do São Paulo, é expulso em jogo contra a Universidad Católica pela Sul-Americana Imagem: JAVIER TORRES / AFP

Colaboração para o UOL, em São Paulo

01/07/2022 04h00

Classificação e Jogos

As expulsões de Igor Vinicius, Rodrigo Nestor e Calleri na vitória por 4 a 2 sobre a Universidad Católica, na noite de ontem (30), aumentam os problemas para o técnico Rogério Ceni escalar o São Paulo no duelo de volta contra os chilenos, na próxima quinta (7), às 21h30, no Morumbi, que vale vaga nas quartas de final da Copa Sul-Americana. Os garotos de Cotia, mais uma vez, podem ser a solução no torneio continental.

Com o trio fora por suspensão, o Tricolor pode ter mais de um time de desfalques para o duelo decisivo. Para o jogo em Santiago, Ceni já não contou com nove jogadores, e a maioria deles também não estará à disposição na semana que vem: Gabriel Sara (cirurgia no tornozelo direito), Alisson (entorse no joelho direito), Andrés Colorado (lesão no reto femoral direito), Caio (cirurgia no ligamento cruzado do joelho direito), Luan (cirurgia no adutor esquerdo), Arboleda (cirurgia no tornozelo esquerdo), Nikão (dores no tornozelo esquerdo), Talles Costa (entorse no tornozelo direito) e Moreira (amigdalite).

Diante de tantas baixas, há a possibilidade de diversas crias da base estarem ao menos no banco de reservas no Morumbi. Vale lembrar que, durante a fase de grupos da Sul-Americana, Ceni preservou seus habituais titulares e deu oportunidade para os jovens em formação. O desempenho do São Paulo na primeira fase foi quase perfeito, com cinco vitórias e um empate, o que resultou na segunda melhor campanha geral do torneio, atrás apenas do Ceará, que ganhou todas as partidas.

"Temos jogo domingo [contra o Atlético-GO, pelo Brasileirão] e depois na volta temos que ver os jogadores, Temos poucos jogadores, então após o jogo de hoje [ontem] temos que pensar muito bem. Tem Copa do Brasil e a volta [contra a Católica]. Isso é o mais difícil. Vamos desfrutar", limitou-se a dizer Ceni, em entrevista coletiva.

Rafinha, Pablo Maia e Patrick são os favoritos a ganhar as vagas de Igor Vinicius, Nestor e Calleri, respectivamente, caso o treinador não opte por mudar o esquema da equipe ou preservar alguns titulares em razão da boa vantagem construída no Chile. O São Paulo pode até perder por um gol de diferença que avança de fase. Derrota por dois gols leva a decisão para os pênaltis. Não há a vantagem do gol marcado fora de casa na Sul-Americana. Quem passar às quartas de final encara Ceará ou The Strongest-BOL - os brasileiros venceram a ida por 2 a 1, na altitude de La Paz.

Antes da decisão contra os chilenos, o Tricolor entra em campo pelo Brasileirão, domingo (3), às 16h, quando visita o Atlético-GO, em Goiânia, pela 15º rodada.

As baixas do São Paulo na Sul-Americana:

Lateral:

  • Igor Vinicius (suspenso)

Zagueiros:

  • Arboleda (cirurgia no tornozelo esquerdo)
  • Moreira (amigdalite)

Meio-campistas:

  • Rodrigo Nestor (suspenso)
  • Gabriel Sara (cirurgia no tornozelo direito)
  • Andrés Colorado (lesão no reto femoral direito)
  • Nikão (dores no tornozelo esquerdo)
  • Talles Costa (entorse no tornozelo direito)
  • Luan (cirurgia no adutor esquerdo)

Atacantes:

  • Calleri (suspenso)
  • Caio (cirurgia no ligamento cruzado do joelho direito)
  • Alisson (entorse no joelho direito)

São Paulo