PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Dirigente é principal suspeito de esfaquear jogador de futebol em Alagoas

João Guilherme Clemente da Silva, o Cabelinho, jogador do FF Sports Nova Cruz - Reprodução/Instagram
João Guilherme Clemente da Silva, o Cabelinho, jogador do FF Sports Nova Cruz Imagem: Reprodução/Instagram

Bruno Fernandes

Colaboração para o UOL, em Maceió (AL)

30/06/2022 13h52

Um jogador de futebol do FF Sports Nova Cruz, da Segunda Divisão do Campeonato Alagoano, foi esfaqueado na manhã de hoje (30) após uma festa junina no município de Pilar, no interior de Alagoas. O principal suspeito da tentativa de homicídio é Anderson Salgueiro, diretor do próprio clube.

De acordo com testemunhas, o atleta João Guilherme Clemente da Silva, de 21 anos, e outros membros da equipe estavam retornando ao alojamento do clube após passar a noite em uma festa, mas a saída não teria agradado um dos membros da diretoria, dando início a uma discussão.

Depois de alguns minutos de discussão perto do refeitório do clube, o agressor arrastou o jovem à força e desferiu alguns golpes de faca. O desentendimento foi confirmado pela Polícia Militar, que foi acionada para uma ocorrência de tentativa de homicídio no Centro da cidade, por volta das 9h.

Ao UOL Esporte, o delegado Ronilson Medeiros, do 23º Distrito Policial de Pilar, confirmou que o caso está sendo investigado pela Polícia Civil de Alagoas e que o principal suspeito do crime é um membro da diretoria do clube. Salgueiro agora é procurado pela polícia para prestar esclarecimentos.

Ainda segundo o delegado, embora a investigação esteja em fase inicial, a expectativa é que tudo seja esclarecido nos próximos dias. "Falei com a minha equipe na delegacia e orientei sobre os procedimentos a serem seguidos, não vamos demorar muito".

Por meio de nota, o Hospital Geral do Estado (HGE) informou que João Guilherme apresentou lesões na região superior do tórax e o estado de saúde é considerado estável.

"João Guilherme Clemente da Silva, de 21 anos, chegou ao hospital às 9h26 de hoje (30), vítima de ferimento por arma branca na região superior do tórax. Encontra-se realizando exames de imagens e seu estado de saúde é considerado estável", mostra o boletim médico.

Cabelinho, como é conhecido, disputou cinco jogos pela equipe na atual temporada do Alagoano. A última partida para a qual foi relacionado aconteceu no último sábado (25), contra o Zumbi, do município de União dos Palmares.

A Federação Alagoana de Futebol lamentou o ocorrido e informou que mantém contato com o clube para prestar ajuda ao jogador e entender o ocorrido e que vai aguardar a apuração dos fatos para tomar as medidas cabíveis.

A reportagem entrou em contato com o FF Sports Nova Cruz, que enviou a seguinte nota:

"A Diretoria do FF NOVA CRUZ, lamenta o ocorrido na manhã desta quinta-feira (30) com o nosso atleta, João Guilherme Clemente da Silva, a quem estamos prestando total apoio, inclusive providenciando a logística da vinda a Maceió de familiares do jogador, que se encontra internado no HGE em condição de saúde estável. O clube reitera o seu compromisso de não corroborar com qualquer tipo de violência, de forma que estaremos atentos a constatação dos fatos para tomarmos as providências cabíveis, colaborando de forma contundente com as autoridades policiais. Desde já manifestamo-nos em completo repúdio e indignação".

Futebol