PUBLICIDADE
Topo

Futebol

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Barros: 'Renegados apareceram e Santos saiu no lucro'; veja notas

Do UOL, em São Paulo

30/06/2022 00h36

Classificação e Jogos

Com uma série de desfalques e atuando fora de casa, o Santos sofreu com a desorganização diante do Deportivo Táchira, no jogo de ida das oitavas de final da Copa Sul-Americana, nesta quarta-feira (29). Em um jogo de nível técnico ruim, a equipe venezuelana fez 1 a 0 em um gol contra de Vinícius Zanocelo. O Peixe demorou para se achar em campo e, aos 40min da segunda etapa, Angulo definiu o empate por 1 a 1, que teve sabor de vitória para os alvinegros.

Na Live do Santos, programa do UOL Esporte logo após as partidas do Peixe, os jornalistas Gabriela Brino e Maurício Barros destacaram o gol salvador no fim da partida, mas lamentaram a atuação ruim da equipe na Venezuela. Os comentaristas chamaram a atenção para um fato curioso: jogadores que estavam longe dos holofotes foram decisivos.

"O Santos saiu no lucro. Esse gol do Angulo traz mais tranquilidade e, mesmo se perdesse, acredito que conseguiria passar. Esse time do Deportivo Táchira é fraco. Não era nada bom perder para eles, mesmo jogando fora de casa. Haveria um abalo no moral, que já anda meio escangalhado. O Santos foi mais na valentia do que em qualquer outra coisa e conseguiu um empate em uma partida na qual, se houvesse um vencedor, seria o Deportivo Táchira", analisou Barros.

Brino também considerou que o Peixe deve comemorar muito o resultado na Venezuela por conta da atuação ruim. "Esse empate saiu no lucro. Pelo que vimos de qualidade, técnica, organização, vontade e postura, não merecia ganhar. O Deportivo Táchira lutou bem mais do que o Santos. A verdade é que hoje lembramos de quem está no elenco", brincou.

Para Barros, a partida na Venezuela foi uma espécie de redenção para alguns atletas pouco utilizados e criticados, "O Santos estava com jogadores totalmente desentrosados e sem ritmo de jogo. Eram de fato os renegados, que estavam esquecidos em alguma sala na Vila Belmiro e apareceram. A ironia foi que o gol sai em um passe de Carlos Sánchez para a bela conclusão do Angulo. No jogo de volta, o Santos tem todas as condições de vencer e ascender às quartas de final, em que pese o futebol sofrível que apresentou hoje [ontem]", concluiu.

Confira as notas para os jogadores e para o técnico do Santos:

João Paulo

Barros - Quando foi exigido, pegou - 7

Brino - Diminuiu os prejuízos. Foi o único focado - 7

Vinícius Balieiro

Barros - Foi muito mal. Não achou nada por cima nem por baixo - 3

Brino - Não se encontrou em jogo. Participou mal e errou muita coisa - 1

Luiz Felipe

Barros - É importante se houver um resgate dele. Já mostrou que pode ser aproveitado e ser um reserva importante - 4,5

Brino - Não esteve tão mal. Esperava um pouco mais por ser mais experiente - 3,5

Kaiky

Barros - Do ponto de vista defensiva, houve muitos buracos. Mas deu o lançamento para o gol - 5

Brino - Foi quem mais apareceu, mas não parou em pé - 4,5

Lucas Pires

Barros - Ficou muito sozinho. Partida discreta - 5

Brino - Deixou a defesa exposta - 5

Camacho

Barros - Procurou cadenciar - 4

Brino - Tentou, mas não conseguiu agregar tanto - 3,5

Vinícius Zanocelo

Barros - Nervoso. A bola queimou no pé dele. Teve a infelicidade do gol contra - 2

Brino - Fez o gol contra e tomou decisões erradas após este lance. Sentiu psicologicamente. Errou tudo - 1

Bruno Oliveira

Barros - Foi o melhor do Santos. Tem mais habilidade, é veloz no drible. Quando a bola chegava nele, acontecia alguma coisa - 7

Brino - Foi o melhor do jogo. As principais bolas passavam por ele. Foi um dos únicos que produziram alguma coisa - 7,5

Jhojan Julio

Barros - Discreto demais para ser titular do Santos - 5

Brino - Brigou e deu alguma movimentação, mas foi discreto - 4

Ângelo

Barros - Não se omite. Está melhor fisicamente. Procurou e foi um dos poucos que conseguiram realizar alguma coisa - 6

Brino - Tentou na frente, mas não conseguiu ser muito efetivo - 5,5

Bryan Angulo

Barros - Não é um primor, mas realizou seu serviço. Botou para dentro do gol - 6,5

Brino - Errou tudo antes de fazer o gol. Se não fosse o gol, seria o pior em campo. Quando teve a oportunidade de decidir, foi muito mal - 5

Auro

Barros - Não está ajudando a ser alguém confiável para ocupar a posição quando Madson não puder. Está decepcionando - 4

Brino - sem nota

Carlos Sánchez

Barros - Deu umas pescadas, mas pintou aquele jogador que vimos. Deu a assistência - 5,5

Brino - Teve dificuldade para se encontrar em campo, mas deu uma assistência - 5

Rwan

Barros - Fez a jogada do gol e puxou o contra-ataque. Está demonstrando personalidade - 5,5

Brino - sem nota

Willian Maranhão

Barros - sem nota

Brino - sem nota

Lucas Braga

Barros - Entrou com disposição - 5,5

Brino - sem nota

Fabián Bustos

Barros - A decisão de usar os reservas não foi só dele. É o que tinha à disposição - 5

Brino - Não dou uma boa nota porque teve sorte. Era bem claro que o resultado ia mais para 1 a 0. Se não tivesse saído empate, haveria pressão para tirá-lo do comando. Ganhou uma sobrevida, apesar da postura do time - 2,5

Não perca! A próxima edição da Live do Santos será no sábado (2), logo após a partida contra o Flamengo pelo Brasileirão. Você pode acompanhar a live pelo Canal UOL, no app Placar UOL, na página do Santos no UOL Esporte ou no canal do UOL Esporte no YouTube.

Futebol