PUBLICIDADE
Topo

Atlético-MG

Novo pênalti perdido pelo Atlético-MG não abala Hulk: 'vou bater de novo'

Hulk bateu o pênalti no canto esquerdo do goleiro Pedro Ortiz, do Emelec, que fez boa defesa - Pedro Souza/Atlético-MG
Hulk bateu o pênalti no canto esquerdo do goleiro Pedro Ortiz, do Emelec, que fez boa defesa Imagem: Pedro Souza/Atlético-MG

Do UOL, em Belo Horizonte (MG)

29/06/2022 04h00

Classificação e Jogos

A bola para o Atlético-MG vencer o Emelec esteve no pé esquerdo de Hulk, que cobrou pênalti aos 42 minutos do segundo tempo. Mas o atacante parou no goleiro Pedro Ortiz, que evitou o segundo gol atleticano e manteve o empate em 1 a 1, no duelo de ida das oitavas de final da Copa Libertadores. Foi a terceira penalidade perdida pelo artilheiro com a camisa alvinegra, a terceira em jogo de mata-mata pelo principal torneio sul-americano de clubes. Na próxima terça-feira (5), no duelo de volta com os equatorianos, se tiver um novo pênalti no Mineirão o camisa 7 já avisou que vai bater.

Antes da penalidade perdida no Equador, Hulk havia parado na trave nos duelos com Boca Juniors e Palmeiras, ambos na edição passada da Libertadores. Diante dos argentinos, o atacante atleticano perdeu uma das cobranças na disputa de pênalti, valendo vaga nas quartas de final. Já contra a equipe alviverde, na semifinal, o erro custou caro. Afinal, o Galo teve a chance de fazer um gol atuando no Allianz Parque, mas o atacante não aproveitou. No duelo de volta, em Belo Horizonte, foi o gol marcado como visitante que levou o Palmeiras para a decisão.

Ao responder uma postagem da TNT Sports no Instagram, o atacante do Atlético não lamentou o novo e errou e afirmou que vai seguir como o cobrador de pênaltis do Atlético. "Perdi, mas só perde quem bate. No próximo vou bater novamente", postou o camisa 7 do Galo.

A penalidade perdida diante do Emelec foi a terceira de Hulk com a camisa do Atlético, em 22 cobranças. Foram 19 cobranças durante os jogos e outras três em disputa de pênaltis. O aproveitamento do artilheiro atleticano é de 86%. Nesta temporada, em oito batidas, foi a primeira vez que ele desperdiçou.

O duelo da volta entre Atlético-MG e Emelec está marcado para a terça-feira (5/7), às 19h15, no Mineirão. Como o primeiro jogo terminou empatado, uma nova igualdade levará a decisão da vaga para a disputa de pênaltis. Para o Galo seguir no torneio continental, basta uma vitória simples. O mesmo vale para a equipe equatoriana.

Mas antes do confronto da próxima semana, o Atlético visita o Juventude, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro, sábado (2), no estádio Alfredo Jaconi, às 16h30.

Atlético-MG