PUBLICIDADE
Topo

Seleção Brasileira

'Neymar sabe o que quer e o que precisa', diz Cafu após rumores no PSG

Neymar comemora gol do Brasil contra o Japão - Kenta Harada/Getty Images
Neymar comemora gol do Brasil contra o Japão Imagem: Kenta Harada/Getty Images

Alexandre Araújo

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

29/06/2022 04h00

Neymar voltou a ser assunto ontem (28), com a possibilidade de não estar mais nos planos do Paris Saint-Germain, clube no qual chegou em 2017 como grande astro. Capitão do penta e um dos grandes nomes da história da seleção brasileira, o ex-lateral Cafu, por sua vez, não acredita que a movimentação possa ter influência para a Copa do Mundo do Qatar, no fim deste ano.

Segundo o jornal espanhol El País, da Espanha, a decisão de não contar com o brasileiro é motivada pelo novo perfil que o clube busca para os atletas. Vale ressaltar, por outro lado, que as publicações do país sempre 'sobem o tom' em matérias envolvendo Neymar desde a saída de Neymar do Barcelona rumo ao clube francês.

O ex-camisa 2, que colocou os pés na Calçada da Fama do Maracanã, em um evento realizado ontem, salientou que o camisa 10 da seleção é "inteligente o suficiente para saber aquilo que ele quer e o que ele precisa".

"Não tenho como opinar em uma notícia que eu não sei se é verdade. Não sei se ele vai ficar ou vai sair, mas o Neymar é um jogador inteligente o suficiente para saber aquilo que ele quer e o que ele precisa. A decisão que ele tomar, vamos respeitar como atleta e como ser humano. Acho que é isso que temos de fazer", disse.

"Se uma notícia dessa vai influenciar em relação à Copa do Mundo? Acho que não. Não influencia em nada. Ele não pode perder o foco dele, não pode perder o comprometimento que ele tem neste exato momento com o PSG e, até a Copa do Mundo, com a Copa do Mundo e com a seleção brasileira", completou.

Cafu, ex-lateral da seleção brasileira, coloca os pés na Calçada da Fama do Maracanã - Alexandre Araújo / UOL Esporte - Alexandre Araújo / UOL Esporte
Imagem: Alexandre Araújo / UOL Esporte

Na cerimônia realizada no Maracanã, Éder Aleixo também deixou a marca no estádio. Cafu defendeu a seleção brasileira entre 1990 e 2006, conquistando os títulos mundiais em 1994 e 2002, quando foi capitão. Pela seleção, ele ainda tem no currículo a Copa das Confederações de 1997 e as taças da Copa América de 1997 e 1999.

Ainda de acordo com a reportagem do El Pais, uma conversa com o atacante Kylian Mbappé, que renovou recentemente o seu contrato e se tornou a principal estrela do projeto do PSG, também teria pesado na decisão, uma vez que o astro francês teria ressaltado uma suposta indisciplina do camisa 10 na rotina de treinos e recuperação.

Apesar da decisão do clube de não contar mais com Neymar, será necessário encontrar uma solução amigável para a questão. Segundo o jornal francês L'Equipe, o vínculo do brasileiro seria renovado automaticamente até 2027 por gatilhos estabelecidos previamente no contrato anterior.

Há alguns dias, Neymar se irritou com uma declaração do presidente do PSG, Nasser Al-Khelaïfi, que, questionado se o craque fazia parte do novo projeto, respondeu que 'uns virão, outros irão, mas são negociações privadas'. A RMC Sport afirmou que o modo de falar irritou o jogador, que teria se colocado à disposição para procurar um novo clube.

Mbappé já negou ter pedido a saída de Neymar

O atacante Kylian Mbappé já havia negado no início do mês alguns rumores de que teria exigido a saída de 14 nomes do Paris Saint-Germain, entre eles Neymar e o técnico Maurício Pochettino, para renovar seu contrato com o clube francês. Nas redes sociais, o camisa 7 chamou a informação do jornal espanhol Mundo Deportivo de "fake".

A publicação informou que a "exigência" de Mbappé teria o aval do presidente do clube, Nasser Al-Khelaifi. Além da troca no comando técnico e saída do atual camisa 10, o atacante francês também pediu a demissão do diretor esportivo Leonardo.

Apesar do posicionamento do atacante francês contrário à informação, de fato algumas mudanças ocorreram no PSG de lá pra cá: o brasileiro Leonardo deixou o clube e o técnico Maurício Pochettino deve ser o próximo, já que o clube parisiense tem negociação avançada para contratar Christophe Galtier, que foi campeão francês com o Lille, na temporada 2020/2021.

Seleção Brasileira