Topo

Vendido por R$ 150 milhões, Gerson deve R$ 146 mil a banco, diz jornal

Gerson antes do jogo entre Flamengo e Vélez pela Libertadores Imagem: Antonio Lacerda-Pool/Getty Images

Do UOL, em São Paulo (SP)

24/06/2022 14h12

Vendido pelo Flamengo ao Olympique de Marseille, da França, por R$ 150 milhões em 2021, Gerson ainda tem situações pendentes no Brasil. Isso porque, de acordo com o jornal 'O Globo', o meio-campista ainda responde a um processo no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro por dever R$ 146.478,15 ao Banco Bradesco.

Em 18 de setembro de 2019, data da petição inicial, Gerson teria assinado um acordo de R$ 127.592,99 para quitar seus débitos, tendo um desconto de R$ 27.592,99. A quantia chegou a ser renegociada, mas o saldo de R$ 92 mil restante, que deveria ser pago em 24 parcelas de R$ 4.560,10, parou de ser quitado em outubro de 2020.

De acordo com os advogados da instituição financeira, todas as tentativas amigáveis para selar o acordo não deram resultado. Desse modo, eles pedem a penhora de bens do jogador até que o débito seja quitado. Além disso, exigem que a dívida seja paga em até três dias, com a presença de uma medida que determina a indisponibilidade do saldo da conta corrente e outras aplicações financeiras.

Desde que chegou à França como um pedido do técnico Jorge Sampaoli, Gerson realizou 48 partidas, marcando 11 gols e 10 dando assistências. No Flamengo, o meio-campista ganhou destaque com Jorge Jesus e se tornou peça fundamental na equipe que conquistou a Libertadores de 2019 e outros títulos.

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Vendido por R$ 150 milhões, Gerson deve R$ 146 mil a banco, diz jornal - UOL

Obs: Link e título da página são enviados automaticamente ao UOL

Futebol