PUBLICIDADE
Topo

Futebol

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Posse de Bola #239: São Paulo bate o Palmeiras, Corinthians mostra força

Do UOL, em São Paulo

24/06/2022 12h08

Classificação e Jogos

Os jogos de ida pelas oitavas de final da Copa do Brasil deixaram o Corinthians em situação confortável após a goleada de 4 a 0 diante do Santos na Neo Química Arena, enquanto o Fluminense, o Atlético-MG e o São Paulo conseguiram vantagem mínima diante de Cruzeiro, Flamengo e Palmeiras, respectivamente. O destaque para o time são-paulino se deu pelo fato de ter encerrado uma longa série invicta palmeirense, de 19 jogos.

No podcast Posse de Bola #239, os jornalistas Arnaldo Ribeiro, Eduardo Tironi, Juca Kfouri e Mauro Cezar Pereira analisam os jogos da rodada, os confrontos que estão mais abertos e os méritos de Rogério Ceni ao conseguir a vitória diante do Palmeiras na mesma semana em que vinha de ter sofrido uma virada em casa nos minutos finais diante do mesmo adversário.

"O São Paulo fez um jogo muito bom e não só mostrou uma resistência no segundo tempo, como também foi capaz de ameaçar o Palmeiras. Não sei dizer se o Palmeiras jogou abaixo ou se o São Paulo fez o Palmeiras jogar abaixo, inclusive com a perseguição ao Scarpa. Acho que é muito mais mérito do São Paulo a vitória por 1 a 0 do que propriamente fazer crítica ao Palmeiras ter jogado abaixo", diz Juca.

Por outro lado, o jornalista considera que o confronto está ainda muito aberto, questionando se o São Paulo conseguirá deter não apenas Gustavo Scarpa, mas também Raphael Veiga no jogo de volta, que acontece apenas no dia 14 de julho.

"O Veiga de volta, com a bola que está jogando o Scarpa, parar os dois vai ser mais complicado e com a casa verde lotada. O auxiliar do Abel foi muito claro ao reconhecer que a vitória do São Paulo foi justa, mas dizer com clareza e tranquilidade que foram os primeiros 90 minutos", completa.

Já em relação ao duelo entre Corinthians e Santos, Juca afirma que não dá para minimizar a boa atuação corintiana, mas pontua que o desempenho da equipe santista foi muito abaixo e questiona qual será a postura no clássico deste sábado, pela 14ª rodada do Brasileirão, quando os dois clubes voltam a se enfrentar na Neo Química Arena.

"Não vamos minimizar o que o Corinthians fez quarta contra o Santos, principalmente por um primeiro tempo muito bem jogado, fez 3 a 0 e poderia ter feito 5 a 0. Mas foi patética exibição do Santos, jogou bulhufas, atemorizado, mal escalado, tudo o que um time grande não pode em um clássico de mata-mata", diz Juca.

"Estou curioso por ver o que o Bustos vai fazer, que Santos vai aparecer no jogo em Itaquera pelo Brasileiro. O que a gente pode imaginar é um Santos de cabeça baixa depois de ter sido amassado, o que pode fazer para surpreender é ter outra postura e não cair na asneira de querer jogar de igual para igual em Itaquera porque não esta com time para isso", conclui.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas e sextas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter).

A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts. Você pode ouvir, por exemplo, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts, Amazon Music e Youtube --neste último, também em vídeo. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

Futebol