PUBLICIDADE
Topo

Futebol

'Lewanilson': quem é o jogador brasileiro com oferta de R$ 350 mi do United

O atacante brasileiro Evanilson, de 22 anos, na comemoração do título do Campeonato Português pelo Porto - Diogo Cardoso/Getty
O atacante brasileiro Evanilson, de 22 anos, na comemoração do título do Campeonato Português pelo Porto Imagem: Diogo Cardoso/Getty

Colaboração para o UOL, em São Paulo (SP)

22/06/2022 16h50Atualizada em 22/06/2022 18h35

Dois atacantes brasileiros de 22 anos estão no radar do Manchester United. Um deles é Antony, ex-São Paulo e hoje no Ajax, que soma convocações pela seleção brasileira. O outro é um pouco menos badalado, mas está no Porto e teve uma oferta de R$ 350 milhões do clube inglês recusada, de acordo com o jornal 'O Jogo'.

Trata-se de Evanilson, ex-jogador do Fluminense e que está no clube português desde setembro de 2020. Contratado por cerca de R$ 47 milhões, de acordo com o portal 'Transfermarkt', o atacante somou 21 gols e cinco assistências na última temporada, sendo peça importante para o título do Campeonato Português e da Taça de Portugal.

O desempenho do atacante em Portugal rendeu a ele o apelido de "Lewanilson", em referência ao centroavante polonês, eleito o melhor do mundo no início no ano. Foram 14 gols apenas no Campeonato Português, terminando na vice-artilharia da equipe.

Com contrato até 2025, o Porto quer continuar com o jogador e só aceita negociá-lo por cerca de R$ 430 milhões, de acordo com a imprensa portuguesa. Tal valor fez com que outros clubes da Premier League, Wolves e Brighton, ficassem assistados com a pedida.

Carreira no Brasil

Evanilson chegou ao Fluminense em 2013, para as categorias de base, e foi promovido para o elenco principal da equipe no final de 2019. Antes, em 2018, ele teve passagem pelo Flu Samorin, projeto que o Tricolor carioca tinha na Eslováquia.

Em 2020, ele foi negociado com a Tombense, time de Minas Gerais que tinha ligações com seus empresários, mas continuou no Fluminense por empréstimo até acertar com o Porto. O clube carioca teve direito a uma parcela de 30% da transferência.

Antes de deixar o Brasil, o atacante tinha marcado oito vezes em 22 partidas disputadas pelo Flu. Naquele ano, ele foi convocado pela equipe Sub-23 do Brasil, sob o comando de André Jardine, e estreou com a amarelinha.

Futebol