PUBLICIDADE
Topo

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Mauro Cezar: Paulo Sousa não teve habilidade e foi devorado pelo sistema

Do UOL, em São Paulo

09/06/2022 13h33

O técnico Paulo Sousa ficou em condição considerada insustentável no Flamengo após a derrota para o Red Bull Bragantino e Mauro Cezar Pereira afirma que o português tem culpa ao comprar brigas desnecessárias em relação ao elenco, mas ressalta que ele acabou engolido por um sistema que é hoje o grande problema do clube rubro-negro.

Na Live do Mauro Cezar, transmitida pelo Canal UOL nesta quinta-feira (9), o jornalista afirma que não vai se surpreender se Paulo Sousa aparecer futuramente com um bom trabalho em outro clube, apontando como problemas a falta de habilidade para lidar com situações que foram postas no Flamengo.

"Ele tentou colocar um sistema de jogo, os jogadores rejeitaram, mas ele foi contratado com a tarefa de mudar a forma de o time jogar, tentou levar isso adiante, não teve habilidade política para lidar com aquilo e foi devorado pelo sistema, é isso o que está acontecendo. Não significa que ele seja um incapaz, amanhã talvez ele apareça em um clube lá fora fazendo um bom trabalho", diz Mauro.

O colunista do UOL cita que o Flamengo tem problemas em seu sistema que se acumulam desde trabalhos anteriores, lembrando o momento da saída de Rogério Ceni, o que considera que foi o maior erro da gestão de Rodolfo Landim.

"Ele cometeu erros que o comprometeram, mas para mim o sistema do Flamengo, esse Flamengo viciado, é o maior problema. Eu lembro que os jogadores foram abraçar o Rogério Ceni no jogo contra o São Paulo, mas nada fizeram para evitar demissão dele, que foi o grande erro que o Flamengo cometeu nesta gestão do Landim. Ali o Flamengo cavou o seu próprio buraco, não ganhou nada no ano passado e continua batendo cabeça, o Rogério tinha muito potencial a ser desenvolvido no Flamengo", completa.

Um episódio apontado como fundamental em relação à queda do técnico foi quando o goleiro Diego Alves acabou cortado até mesmo do banco de reservas para a partida contra o Fortaleza, no último domingo, no Maracanã, depois de ficar entre os relacionados, concentrar com o elenco e até aquecer no gramado.

"O Paulo Sousa tem erros, ele cometeu alguns deslizes, especialmente comprando mais brigas do que deveria com os próprios jogadores. Para mim, a gota d'água foi domingo ele colocar o Diego Alves para ser relacionado, concentrou, foi para o campo, aqueceu e nem no banco ficou. Qual a necessidade disso? Não entendi", diz Mauro Cezar

"Por mais que ele não goste do Diego Alves e tenha até os seus motivos, isso não se faz. Achei muito errado, ali eu acho que foi a gota d'água. Ali a cosia degringolou de vez, achei totalmente desnecessária essa decisão do técnico do Flamengo", conclui.

A próxima edição da Live do Mauro Cezar será na quinta-feira (16). Você pode acompanhar a live pelo Canal UOL, no app Placar UOL, na página do UOL Esporte ou no canal do UOL Esporte no Youtube.