PUBLICIDADE
Topo

Atlético-MG

Sasha aproveita ausências e triplica número de gols de 2021 no Atlético-MG

Eduardo Sasha, do Atlético-MG, comemora gol sobre o Tolima pela Copa Libertadores -  Fernando Moreno/AGIF
Eduardo Sasha, do Atlético-MG, comemora gol sobre o Tolima pela Copa Libertadores Imagem: Fernando Moreno/AGIF

Lohanna Lima

Colaboração para o UOL, em Belo Horizonte, MG

29/05/2022 04h00

Classificação e Jogos

O ano de 2021 foi de muita concorrência no ataque do Atlético-MG, fato que ofuscou o atacante Eduardo Sasha entre os demais jogadores da posição. No entanto, com as saídas de alguns atletas e constantes lesões que acompanham o time atualmente, o jogador tem aproveitado bem as oportunidades e já é o vice-artilheiro da equipe nesta temporada, com nove gols.

Diante do Avaí, na noite de hoje (29), às 19h, no Mineirão, dificilmente Sasha não começará entre os 11 iniciais, já que o técnico Turco Mohamed tem uma série de problemas para montar o time, o que dará ao jogador a chance de igualar sua melhor marca no clube.

Sasha já triplicou a quantidade de vezes que balançou as redes no ano passado, quando terminou com três gols apenas. Em 2020, sob o comando de Jorge Sampaoli, ele fechou a temporada com dez gols - um a menos do que tem agora. Em 2021, o bom desempenho de Hulk, Savarino, Eduardo Vargas e Diego Costa dificultou as chances de espaço para o jogador e fizeram mais gols, sendo Hulk o principal artilheiro, com 36.

Com as saídas de Diego Costa e Savarino, Sasha está se destacado mais na briga por uma vaga no time, já que Ademir e Fábio Gomes, que chegaram neste ano, ainda não se firmaram. Para o jogo contra a equipe catarinense, Keno, Vargas e Zaracho estão fora por lesão, enquanto Guilherme Arana será ausência por estar com a seleção brasileira.

Diante de tantos problemas, Turco Mohamed deve escalar o time com o trio ofensivo formado por Hulk, Ademir e Sasha e improvisando Rubens na lateral esquerda. Pela Libertadores, o atacante marcou diante do Tolima-COL ao entrar no segundo tempo, mas não evitou a derrota do Galo por 2 a 1, que quebrou a invencibilidade de 18 jogos do Galo no torneio continental.

Sobre o momento de oscilação da equipe, o jogador fez uma projeção para o jogo contra o Avaí, que ganhou contorno de maior importância devido às desconfianças que começam a se intensificar sobre a equipe e o trabalho de Turco Mohamed.

"A gente vê tudo isso e percebe que, no futebol brasileiro, realmente o que importa é o resultado. Se discute questão tática ou técnica só quando a derrota aparece e muitas vezes, mesmo vencendo, a gente faz um jogo pior do que quando perde. Coisas do futebol que temos que saber lidar. Aceitar as críticas quando elas vêm. O trabalho está aí, durante o dia a gente vem fazendo bem, e domingo tem uma nova oportunidade para darmos a volta por cima e buscarmos a vitória", disse.

FICHA TÉCNICA:

ATLÉTICO x AVAÍ
Competição:
Campeonato Brasileiro - Oitava rodada
Data e hora: 29 de maio de 2022 (domingo), às 19 (de Brasília)
Local: estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Jefferson Ferreira de Moraes (GO)
Auxiliares: Fabrício Vilarinho da Silva (Fifa/GO) e Tiago Gomes da Silva (GO)
VAR: Rodrigo Carvalhães de Miranda (PR)

ATLÉTICO-MG: Everson; Guga, Nathan Silva, Alonso e Rubens; Allan, Jair e Nacho; Ademir, Sasha e Hulk. Técnico: Turco Mohamed

AVAÍ: Douglas; Kevin, Bressan, Arthur e Cortez; Raniele, Eduardo e Jean Cléber; Willian Pottker, Morato e Bissoli. Técnico: Eduardo Barroca

Atlético-MG