PUBLICIDADE
Topo

Futebol

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Menon: 'Trabalho de Ceni é bom, mas ele errou contra Ceará e Corinthians'

Do UOL, em São Paulo

29/05/2022 04h00

Classificação e Jogos

No empate por 2 a 2 com o Ceará, neste sábado (28), a queda de rendimento do São Paulo no segundo tempo chamou a atenção. O Tricolor, que havia feito um primeiro tempo agressivo no ataque, viu o Vozão crescer na partida no Morumbi. Um roteiro parecido com o do clássico contra o Corinthians na Neo Química Arena, que terminou empatado por 1 a 1. Em comum, as duas partidas tiveram substituições questionáveis feitas pelo técnico Rogério Ceni.

Na Live do São Paulo, programa do UOL Esporte logo após os jogos do Tricolor, os jornalistas Marcelo Hazan, Menon e Gabriel Perecini debateram sobre as mudanças promovidas por Rogério Ceni na partida contra o Ceará. Para os comentaristas, o treinador cometeu erros, mas também tinha poucas opções à disposição por conta das limitações do elenco.

"Às vezes, o Rogério demora muito para fazer uma mudança. Hoje [ontem], ele colocou o Pablo Maia depois de o time sofrer o empate. Na malfadada final do Paulista, como ele demorou para mexer! O Palmeiras fez 2 a 0 em 30 minutos e o Rogério foi mudar no segundo tempo, quando estava levando o terceiro", apontou Menon.

Para o colunista do UOL, Ceni também faz mudanças como se seguisse um roteiro, não importando a partida. "Há essa questão das substituições meio datadas. Se o jogador leva amarelo, tem que tirar; ou trocar os laterais, como sempre faz. Hoje [ontem], o Luciano fez um primeiro tempo e participou do primeiro gol. No segundo, o meio ficou com Rodrigo Nestor, Igor Gomes e Luciano, com pouca pegada. Ele deveria tê-lo tirado e colocado o Patrick ou o Gabriel Neves, alguém mais combativo", opinou.

Apesar das falhas cometidas por Ceni nos dois últimos jogos do Brasileirão, Menon fez um balanço positivo do desempenho do treinador à frente do São Paulo. "O trabalho do Rogério é muito bom, mas ele errou hoje [ontem] e contra o Corinthians. Não podemos deixar de falar o que pensamos pelo passado de um jogador", disse.

Perecini concordou com o colunista do UOL. "O São Paulo jogou bem no primeiro tempo e fez o papel que tinha que fazer no começo. Não conseguiu matar a partida e terminou com esse 2 a 2. O São Paulo conquistou 12 vitórias seguidas em casa. Até aqui, o elenco não fugiu uma vez do que poderia oferecer. Ninguém imagina essa equipe brigando pelo título brasileiro em qualquer cenário. Se alguém imagina isso, é uma falsa expectativa que afeta o trabalho das pessoas", comentou.

O jornalista também considerou o trabalho de Ceni como bom, até pelas limitações com as quais ele precisa lidar. "O São Paulo não tinha um jogador de meio-campo para mexer no time. Os três estavam jogando: André Anderson, Igor Gomes e Rodrigo Nestor. Queria manter essa característica? Tinha Patrick e três volantes. Esse é o elenco do São Paulo. Sempre vai haver algum ponto quando o time não vence. Para mim, o trabalho do Rogério nesse momento é bom, em que pese alguns erros dele", finalizou Perecini.

Não perca! A próxima edição da Live do São Paulo será no sábado (4), logo após a partida contra o Avaí pelo Brasileirão. Você pode acompanhar o programa pelo Canal UOL, no app Placar UOL, na página do São Paulo no UOL Esporte ou no canal do UOL Esporte no Youtube.

Futebol