PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Dono de time interfere, troca batedor de pênalti, e escolhido erra; assista

Dono do Tsarsko Selo, da Bulgária, invadiu campo para impedir que jogador cobrasse pênalti - Reprodução
Dono do Tsarsko Selo, da Bulgária, invadiu campo para impedir que jogador cobrasse pênalti Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

25/05/2022 12h01

O dono do Tsarsko Selo, da Bulgária, invadiu o campo durante a partida contra o Lokomotiv Sofia para interferir em uma cobrança de pênalti para o Tsarko. Ele impediu que um jogador batesse a penalidade, mas viu o escolhido desperdiçar.

Yusupha Yaffa queria bater o pênalti, mas foi empurrado para fora do campo pelo dono do clube, Stoyne Manolov, que invadiu o campo e exigiu que a cobrança fosse feita por Martin Kavdanski.

Yaffa se revoltou com a decisão e acabou fora de campo discutindo com Manolov. Porém, Kavdanski cobrou fraco, nas mãos do goleiro do Lokomotiv Sofia.

No fim, o jogo terminou 1 a 1. Para piorar, o Tsarsko acabou rebaixado para a segunda divisão búlgara.

Segundo o jornal The Sun, pouco depois do jogo, Manolov anunciou que o clube abrirá mão de disputar a Série B na próxima temporada.

"É hora de dizer que o clube deixará de existir e não participará do futebol profissional na próxima temporada. Estamos anunciando agora para permitir que a União Búlgara de Futebol preencha a vaga como achar melhor", declarou.

Esporte