PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Rafael Cabral elogia SAF e gestão de Ronaldo no Cruzeiro: 'Parece Europa'

Rafael Cabral foi convidado do programa "Bem, Amigos!", do SporTV - Reprodução / SporTV
Rafael Cabral foi convidado do programa "Bem, Amigos!", do SporTV Imagem: Reprodução / SporTV

Colaboração para o UOL

24/05/2022 01h32

O goleiro Rafael Cabral, do Cruzeiro, afirmou, hoje (23), que ao observar a gestão de Ronaldo à frente do clube mineiro percebe semelhanças em relação aos modelos de administração executados na Europa.

"Parece que estou na Europa em questão de organização. Ele [Cruzeiro] sabe o que é ter dono, ter presidente. As decisões não são políticas. São estudadas. O Cruzeiro está cheio de grandes profissionais, disse o goleiro em entrevista ao programa "Bem, Amigos!", do SporTV.

De passagem marcante pelo Napoli, da Itália, o goleiro revela também que ao menos duas vezes por mês Ronaldo comparece aos jogos da raposa. Diz ainda que, nestas ocasiões, o ex-jogador visita o vestiário e "é só selfie". "Ele é um Fenômeno. Um cara inacreditável", acrescenta.

Ainda no início de sua carreira, Rafael foi campeão da Libertadores pelo Santos, em 2011. O goleiro garante, no entanto, que não é possível comparar a administração de um "clube brasileiro comum" com a de uma SAF (Sociedade Anônima do Futebol).

"Estou no futebol há muito tempo, tem questões de salários atrasados, promessas não cumpridas, promete premiação e não acontece. Decisões políticas. Num clube empresa, nunca vi isso", completa.

SAF é a Sociedade Anônima do Futebol, criada pela Lei 14.193/2021 e promulgada em 6 de agosto do ano passado. Trata-se da lei que permite os clubes de futebol serem transformados em empresas.

"Na prática, é uma empresa cuja atividade principal consiste na prática do futebol em competições profissionais, diferentemente do modelo tradicional de clubes no Brasil, que, por sua maioria, não tem fins lucrativos", afirma João Paulo di Carlo, advogado especialista em direito desportivo e colunista do Lei em Campo.

Futebol