PUBLICIDADE
Topo

Copa Sul-Americana - 2022

Dourado faz três, Inter goleia o 9 de Octubre e avança na Sul-Americana

Rodrigo Dourado, do Internacional, comemora seu gol sobre o 9 De Octubre pela Copa Sul-Americana - Pedro H. Tesch/AGIF
Rodrigo Dourado, do Internacional, comemora seu gol sobre o 9 De Octubre pela Copa Sul-Americana Imagem: Pedro H. Tesch/AGIF

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

24/05/2022 23h21

Classificação e Jogos

Ele é primeiro volante e conhecido pela marcação. Mas hoje, viveu um dia raro, de centroavante. Rodrigo Dourado fez três gols, e o Internacional goleou o 9 de Octubre por 5 a 1, garantindo classificação às oitavas de final da Copa Sul-Americana, hoje (24), no Beira-Rio. Estevão e Quiñonez, contra, foram os outros responsáveis pelos gols do Colorado. Caicedo descontou.

O Colorado, que ficou com um jogador a mais no segundo tempo, após a expulsão de Becerra, precisava de resultado igual ou melhor que o Guaireña, do Paraguai, para avançar. Além da goleada em Porto Alegre, os paraguaios não saíram do 1 a 1 com Independiente Medellín, da Colômbia. .

O adversário na próxima fase será conhecido em sorteio a ser realizado na sexta-feira (27).

O Inter volta a campo na próxima segunda-feira (30) para encarar o Atlético-GO pelo Brasileirão. O Super 9 tem compromisso no domingo (29), quando pega o Independiente del Valle, pelo Campeonato Equatoriano.

Foi bem: Dourado marca três gols

Rodrigo Dourado é um dos jogadores mais cobrados pela torcida do Inter. Criticado, já ouviu vaias antes mesmo de jogos no Beira-Rio. Mas hoje respondeu com gols. Foram três, que garantiram a vitória e os aplausos quando ele foi substituído.

Foi mal: Renê falha em gol rival

Renê já tinha cometido uma falha no jogo, quando foi 'salvo' por Bruno Méndez, que evitou o ataque do 9 de Octubre após o lateral perder a bola. Mas quando ele errou um passe ao lado da área do Inter, colocando nos pés de um adversário, ninguém conseguiu impedir o gol dos equatorianos.

Daniel falhou?

O gol de empate do 9 de Octubre levantou dúvidas entre os torcedores do Inter. Caicedo cabeceou entre os zagueiros, uma bola forte, para baixo, mas Daniel, que tinha falhado no jogo passado, contra o Cuiabá, e tem posto ameaçado no time titular, chegou a tocar na bola e viu ela entrar mesmo assim. O lance provocou debate nas redes sociais e muitos aficionados criticaram o camisa 1.

Taison entra e dá duas assistências

Taison começou o jogo na reserva. O jogador volta de lesão e ainda está em processo de conquista de ritmo, pois não atuava desde o início do mês. Mas precisou ser chamado ainda na etapa inicial para substituir Mauricio, que saiu lesionado. Ainda no primeiro tempo, teve chance de gol que acabou em defesa de Recalde. Na etapa final, deu duas assistências para Rodrigo Dourado.

O jogo do Inter: Nervosismo, depois gols

O Inter se mostrou nervoso. Depois de sair na frente antes dos 10 minutos de jogo, mas sofrer o empate logo em seguida, o que se viu no gramado do Beira-Rio foi tensão. Jogadas em que o passe foi apressado, conclusões de qualquer jeito, momentos em que as atitudes foram pautadas pela pressa se repetiram ao longo dos 45 minutos iniciais. Mas no segundo tempo tudo se acalmou. A partir dos gols e da expulsão de um jogador adversário, o ambiente se abriu para goleada.

O jogo do 9 de Octubre: Reservas sem medo

Lanterna do Campeonato Equatoriano, o 9 de Octubre levou time reserva ao Beira-Rio. Apenas Mauro da Luz começou o jogo do time titular, pois está suspenso da próxima rodada do torneio nacional. Além disso, o técnico Juan Carlos León tinha apenas quatro jogadores no banco de reservas.

Ainda assim os visitantes foram corajosos. Saíram atrás, mas marcaram seu gol porque apertaram a saída de bola do Inter e contaram com uma falha de Renê. Durante toda a partida, ainda que não tivessem tanta qualidade técnica, ousaram, atacaram, buscaram o gol. Sofreram, no segundo tempo, após a expulsão e pelo desgaste.

FICHA TÉCNICA:

INTERNACIONAL 5 x 1 9 DE OCTUBRE
Competição: Copa Sul-Americana - Sexta rodada do Grupo E
Data e hora: 24/05/2022 (terça-feira), às 21h30 (de Brasília)
Local: estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Árbitro: Yael Falcón (ARG)
Auxiliares: Cristian Navarro e Pablo González (ambos argentinos)
Cartões amarelos: Chávez (OCT); Rodrigo Dourado (INT)
Cartões vermelhos: Becerra (OCT)
Gols: Rodrigo Dourado, do Inter, aos 9 minutos do primeiro tempo e aos 4 e aos 30 minutos do segundo tempo; Caicedo, do 9 de Octubre, aos 11 minutos do primeiro tempo; Quiñonez, do 9 de Octubre, contra, aos 20 minutos do segundo tempo; Estevão, do Inter, aos 37 minutos do segundo tempo;

INTERNACIONAL: Daniel; Bustos (Heitor), Bruno Méndez, Vitão e Renê; Dourado (Gabriel), De Pena, Edenilson e Mauricio (Taison); Wanderson (Estevão) e David (Cadorini). Técnico: Mano Menezes.

9 DE OCTUBRE: Recalde; Medina, Becerra, Cisneros e Glendys Mina; Vernaza, Chávez (Saltos), Esterilla e Mauro da Luz; Mojica (Orlín Quiñonez) e Caicedo. Técnico: Juan Carlos León