PUBLICIDADE
Topo

Santos

Após sufocos, Santos busca noite de paz contra o Banfield na Sul-Americana

Lucas Barbosa comemora com a torcida do Santos gol da vitória sobre o Unión La Calera, na Sul-Americana -  Fernanda Luz/AGIF
Lucas Barbosa comemora com a torcida do Santos gol da vitória sobre o Unión La Calera, na Sul-Americana Imagem: Fernanda Luz/AGIF

Lucas Musetti Perazolli

Colaboração para o UOL, em Santos (SP)

24/05/2022 04h00

Classificação e Jogos

O Santos busca uma noite de paz contra o Banfield-ARG, hoje (24), a partir das 19h15 (de Brasília), na Vila Belmiro, pela sexta e última rodada da fase de grupos da Copa Sul-Americana. O Peixe só depende de si para avançar às oitavas de final e poupará alguns titulares.

As três vitórias do Peixe no torneio continental foram na base da emoção. Contra a Universidad Católica-EQU, também na Vila, o Alvinegro venceu virada por 3 a 2, com gol de Bryan Angulo, aos 40 minutos do segundo tempo. Na partida em Quito, novo triunfo no sufoco: 1 a 0, graças ao gol de Rwan, aos 46' da etapa final. E, por fim, o Peixe encaminhou a classificação na partida confusa diante do Unión La Calera-CHI, quando venceu por 1 a 0, com o time reserva e nos acréscimos.

O Santos criou chances, acertou a trave quatro vezes e viu uma briga generalizada já nos acréscimos, logo depois de um milagre do goleiro João Paulo. O árbitro deu mais tempo de jogo e Lucas Barbosa, aos 56 minutos, fez o gol da vitória e liderança do Grupo C.

Após tanta turbulência na Sul-Americana, o técnico Fabián Bustos espera por maior tranquilidade contra o Banfield, na noite de hoje. O time argentino já está eliminado e apenas cumprirá tabela na Vila Belmiro.

O treinador argentino tem conversado com o elenco sobre ter paciência, não cair na 'pilha' dos hermanos, aproveitar as oportunidades criadas para manter o controle da partida e evitar sustos. Bustos repetiu várias vezes que foi injusta a vitória só por 1 a 0 contra o La Calera, mas frisou a importância de matar o jogo.

A demora para fazer o gol contra os chilenos rendeu impaciência da torcida na Vila Belmiro. Fabián Bustos chegou a discutir com um santista que estava nas cadeira cativas.

"Se jogássemos mal, entenderíamos as críticas. Mas tentamos, acertamos a trave, criamos por dentro e por fora. Era um jogo para quatro gols. Foi um desabafo, não estou certo, mas fomos insultados por 15 minutos seguidos e respondi ao torcedor que identifiquei. O mais importante é o Santos, não é quem joga ou faz gol. Se estivermos com a torcida, melhor time seremos. Quanto mais otimismo melhor. A torcida nos ajuda a ganhar jogos até o último minuto", disse o técnico.

Se não vencer o Banfield nesta noite, o o Santos precisará torcer por tropeço do La Calera contra a Universidad, no Chile. Os equatorianos também já estão eliminados.

FICHA TÉCNICA:

SANTOS x BANFIELD-ARG
Competição: Copa Sul-Americana - Sexta rodada do Grupo C
Data e hora: 24 de maio de 2022 (terça-feira), às 19h15 (horário de Brasília).
Local: estádio da Vila Belmiro, em Santos (SP)
Árbitro: Augusto Menendez (PER)
Auxiliares: Raul Lopez Cruz e Victor Raez (PER)

SANTOS: João Paulo; Auro (Madson(, Velázquez, Bauermann e Lucas Pires; Sandry, Vinicius Zanocelo e Ricardo Goulart; Rwan, Lucas Braga e Marcos Leonardo. Técnico: Fabián Bustos

BANFIELD: Bologna; Coronel, Maciel, Lollo e Quinteros; Galoppo, Domingo, Cuadra e Urzi; Cruz e Cvitanich. Técnico: Claudio Vivas

Santos