PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Sérgio Maurício diz que torcedores do Flamengo são 'duros e favelados'

Sérgio Mauricio, narrador da Band, chama torcedores do Flamengo de "favelados" - Reprodução/Twitter
Sérgio Mauricio, narrador da Band, chama torcedores do Flamengo de 'favelados' Imagem: Reprodução/Twitter

Do UOL, em São Paulo

23/05/2022 19h45

O narrador Sérgio Mauricio, da Bandeirantes, chamou os torcedores do Flamengo de "duros e favelados" durante os bastidores do Grande Prêmio de Barcelona de Fórmula 1, vencido por Max Verstappen, da Red Bull. A fala não foi ao ar durante a transmissão da corrida, mas viralizou nas redes sociais após um vídeo dos bastidores vir à tona. Após a repercussão, o narrador se pronunciou sobre o episódio e se desculpou pela "brincadeira imprópria".

Após supostamente ver uma bandeira do Botafogo nas arquibancadas do autódromo, Sérgio Mauricio provocou os flamenguistas ao insinuar que eles não teriam condições financeiras para acompanhar à corrida in loco pois são "duros e favelados".

"Para tudo que eu estou vendo uma bandeira do Botafogo ali, amigo. Para tudo, amigo! É miragem ou eu vi mesmo a bandeira do Botafogo". falou Sérgio Mauricio.

"Aí meu coração arrebenta. Vá para o inferno. Vê se tem Flamenguista lá? Tudo duro e favelado. (...) Nem louco", completou o narrador, que aparentemente conversava com alguém nos bastidores.

O vídeo rapidamente viralizou nas redes sociais e provocou uma resposta de Rodrigo Dunshee, vice-presidente Geral e Jurídico do Flamengo. O dirigente informou que vai esperar uma posição da emissora antes de cogitar medidas jurídicas

"Inaceitável que um jornalista que vive do esporte trate a torcida do Flamengo de forma preconceituosa, deselegante e totalmente fora de padrão técnico e social. Antes de cogitar qualquer atuação jurídica, temos que esperar uma atuação do Bandsports e da Band", escreveu Dunshee em seu Twitter.

Depois da grande repercussão do vídeo, Sérgio Maurício se pronunciou no Instagram. Torcedor do Botafogo, ele pediu desculpas e disse que o episódio foi uma brincadeira com Fred Sabino, coordenador da Band.

"Fiz uma brincadeira com um coordenador Fred Sabino, e essa tomou um tamanho desproporcional, na medida em que estávamos transmitindo os bastidores no YouTube. Vi uma bandeira do Botafogo e quis registrar aquilo, como botafoguense que sou. No momento seguinte fiz uma brincadeira que em momento nenhum tive intenção de menosprezo, discriminação ou qualquer outra interpretação racista", explicou Sérgio Mauricio.

"Foi apenas uma brincadeira imprópria. Queria pedir aqui aos amigos e ao Clube de Regatas do Flamengo as minhas sinceras desculpas. Desculpas a essa torcida apaixonada, foi pura e simplesmente uma zoação que a gente costuma fazer ali. Tenho dezenas e dezenas de amigos flamenguistas. Acho um dos maiores clubes do mundo, e peço minhas sinceras desculpas. Grande abraço e entendam, por favor", encerrou.

Algumas horas da retratação pública, Sérgio Maurício apagou seus perfis no Instagram e no Twitter.

UOL Esporte vê TV