PUBLICIDADE
Topo

Brasileirão - 2022

Terans faz dois e garante vitória do Athletico diante do Avaí

22/05/2022 20h53

Classificação e Jogos

O meia Terans comandou a vitória do Athletico neste domingo (22) diante do Avaí. O uruguaio marcou os dois gols da equipe paranaense enquanto William Pottker descontou para os catarinenses. O Furacão dominou a partida e sofreu muto pouco frente a um Avaí que não fez boa partida.

A vitória faz o Athletico subir três posições e chegar ao 12º lugar, com 9 pontos. A derrota tirou cinco posições do Avaí, que agora está em 10º, com 10 pontos.

O Furacão agora volta suas atenções para Copa Libertadores, competição da próxima partida, que será diante do Caracas-VEN, em casa, na quinta (26), às 19h. O Avaí tem como próximo adversário o Atlético-MG, fora de casa, no domingo (19), às 19h.

Quem foi bem: Terans

O uruguaio demonstrou novamente a importância que tem para o time do Athletico. O meia marcou duas vezes e foi o principal nome na partida, sempre buscando a bola e participando dos lances ofensivos.

Quem foi mal: meio-campo do Avaí

O setor de meio-campo do Avaí foi mal durante a partida. Raniele, Bruno Silva e Eduardo não conseguiram comandar as transições quando os catarinenses tinham a bola e, sem ela, deixavam muito espaço à frente da área.

Atuação do Athletico: imposição e segurança

O Furacão entrou em campo exercendo superioridade técnica e física diante do Avaí. Com mais volume de jogo, o Athletico conseguiu sair na frente e controlar o jogo. Mesmo após sofrer o gol, não se abateu e seguiu no controle da partida, sofrendo muito pouco.

Atuação do Avaí: pouca inspiração

A equipe do Avaí incomodou muito pouco o Athletico ao longo dos 90 minutos. Foram apenas dois lances de real perigo e ambos no primeiro tempo. O meio-campo não conseguiu se achar na partida, o que complicou ainda mais o time durante o jogo.

Jogo morno

O início da partida não foi dos mais movimentados. As equipes erravam bastante na troca de passes no campo ofensivo e, nos primeiros 20 minutos correram sem tantos lances de perigo para os goleiros.

A única exceção foi uma finalização do atacante Pablo, de fora da área, que obrigou o goleiro Douglas Friedrich fazer uma boa defesa.

VAR em ação e gol do Athletico

Aos 22 minutos, Christian foi lançado e tocou rasteiro para Terans, que bateu de primeira. A bola desviou no braço de Arthur Chaves e foi para escanteio. O VAR chamou o árbitro para análise. Após rever o lance, o juiz Flávio Rodrigues de Souza assinalou o pênalti para o clube paranaense. Na bola, Terans deslocou o goleiro e abriu o placar do jogo.

Christian perde chances e Avaí assusta

O gol empolgou os donos da casa, que começaram a sair um pouco mais para o ataque. Minutos após o gol, Christian fez boa jogada e invadiu a área, mas teve seu chute bloqueado. O volante também perdeu boa chance após um corte errado do Avaí, finalizou forte da entrada da área, mas a bola saiu pelo lado.

Apesar de acuado, o time catarinense buscou o gol de empate. O volante Eduardo fez belo passe para Dentinho que infiltrou pelas costas da defesa. Cara a cara com Bento, o goleiro prevalecer no duelo.

Terans marca de novo

O Athletico controlava mais o jogo e seguia no campo de ataque. Explorando o lado esquerdo do ataque, Christian e Cuello trocaram passes e o gringo bateu forte, rasteiro para área. Terans dominou a bola, ajeitou o corpo e bateu cruzado para marcar o segundo na partida.

Sequência maluca resultou no gol do Avaí

No primeiro lance de ataque do segundo tempo, Dentinho recebeu bola na área e foi derrubado por Hugo Moura. Pottker se apresentou para batida e deu uma cavadinha. O goleiro Bento, que já tinha caído, conseguiu se recuperar e espalmar a bola.

No rebote, Khellven tentou afastar e acertou Pottker, dentro da área. Novo pênalti. Dessa vez, Pottker bateu forte e marcou o gol do Avaí.

Gol não assusta e Athletico pressiona

O Furacão não se acuou com o gol sofrido e foi em busca da resposta rápida. Num espaço de cinco minutos, Cuello, Canobbio e Christian perderam chances de ampliar a vantagem da equipe da casa.

Jogo ganha em ritmo, mas sem grandes chances

O Avaí buscava o empate, o que deixava mais espaços para o Athletico jogar. Com isso, o jogo ganhou em velocidade nas ações. Contudo, nenhum dos times conseguiu de fato levar perigo para os goleiros adversários.

Final de jogo mais "pegado"

Nos últimos 10 minutos da partida, faltou futebol e sobrou faltas. O jogo ficou bastante físico com as disputas quase sempre resultando em paralisação do jogo. No lance mais grave, Copete perdeu o tempo da bola e pisou no tornozelo de Pedro Henrique, que precisou ser substituído e saiu chorando de campo

FICHA TÉCNICA
ATHLETICO 2 X 1 AVAÍ

Motivo: 7ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro
Data: 22 de maio de 2022 (domingo)
Horário: 19h (de Brasília)
Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (FIFA-SP)
Auxiliares: Marcelo Carvalho Van Gasse (FIFA-SP) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP)
VAR: Cristian Eduardo Gorski da Luz (PR)
Cartões Amarelos: Hugo Moura (CAP); Dentinho, Arthur Chaves, Bruno Silva, Copete, Matheus Galdezani (AVA).
Gols: Terans, do Athletico, aos 24'/1º; Terans, do Athletico, aos 43'/1ºT. William Pottker, aos 5'/2ºT.

ATHLETICO-PR: Bento; Khellven, Pedro Henrique (Matheus Felipe), Nico Hernández, Abner Vinícius; Hugo Moura (Pablo Siles), Christian (Erick), Terans (Matheus Fernandes); Canobbio, Cuello, Pablo. Técnico: Luiz Felipe Scolari

AVAÍ: Douglas Friedrich; Kevin, Rodrigo Freitas, Arthur Chaves, Bruno Cortez; Raniele (Marcinho), Eduardo (Galdezani), Bruno Silva; Morato (Copete), Dentinho, William Pottker (Rômulo). Técnico: Eduardo Barroca