PUBLICIDADE
Topo

São Paulo

Artilheiro dos clássicos, Calleri é a esperança para São Paulo quebrar tabu

Calleri comemora gol marcado de pênalti para o São Paulo na partida contra o Cuiabá, válida pelo Campeonato Brasileiro - Marcello Zambrana/AGIF
Calleri comemora gol marcado de pênalti para o São Paulo na partida contra o Cuiabá, válida pelo Campeonato Brasileiro Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

Thiago Braga

Colaboração para o UOL, em São Paulo

22/05/2022 04h00

Classificação e Jogos

A frase "toca no Calleri que é gol", entoada pela torcida do São Paulo, nunca fez tanto sentido. Desde que acertou seu retorno ao clube paulista, Jonathan Calleri deslanchou a fazer gols. Em 2022, disputou 25 jogos e anotou 14 gols, com uma média de 0,56 por jogo. Além da boa fase, nesta segunda passagem, o camisa 9 se especializou em marcar gols nos principais rivais do Tricolor. Ele é peça fundamental para o time de Rogério Ceni, que vai tentar conseguir a primeira vitória do clube na NeoQuímica Arena, contra o Corinthians, na tarde deste domingo (22), às 16h.

Com uma passagem fugaz pelo São Paulo em 2016, Calleri passou a ter sua volta pedida assim que foi embora. O retorno demorou cinco anos para acontecer, mas logo em sua reestreia com a camisa do São Paulo, em outubro do ano passado, Calleri mostrou a que veio e marcou o gol do empate em 1 a 1 contra o Santos, pelo Campeonato Brasileiro.

Ainda na edição passada do torneio nacional, mais um gol em clássico, desta vez contra o Corinthians, que decretou a vitória do São Paulo por 1 a 0. A eficiência do argentino contra os rivais voltou a aparecer em 2022. Na fase de classificação do Campeonato Paulista deste ano, ele marcou o único gol do Majestoso, que deu a vitória ao São Paulo.

Embora tenha sido derrotado na final do Paulistão, Calleri marcou duas vezes no primeiro jogo da decisão do torneio, contra o Palmeiras.

Com 1,81m de altura, Calleri é o camisa 9 clássico. Tem como principal característica a presença na área adversária, e se impõe muitas vezes por conta da sua força física. Artilheiro do Brasileirão até aqui, com seis gols em seis jogos, o jogador marcou todos eles dentro da área, sendo três de cabeça, e um de pênalti. No Brasileirão deste ano, o único clássico que o São Paulo teve até agora foi diante do Santos, na quarta rodada. Calleri mostrou mais uma vez seu faro goleador e abriu o placar na vitória por 2 a 1.

Assim, em nove partidas disputadas contra Corinthians, Palmeiras e Santos, desde que voltou a atuar com a camisa do São Paulo, Calleri balançou as redes dos principais adversários seis vezes.

Porém, o camisa 9 terá que quebrar um tabu pessoal para ajudar o São Paulo neste domingo. Todos os gols marcados em clássicos por Calleri até aqui foram no Morumbi. E dos seis tentos anotados neste Brasileirão, cinco foram jogando em casa. O único gol marcado por Calleri longe do Morumbi aconteceu diante do Flamengo, mas pouco serviu, já que o Tricolor foi derrotado por 3 a 1 na ocasião. Também passou em branco contra Red Bull Bragantino e Fortaleza, ambos fora de casa.

Outro empecilho para o argentino nesta tarde é o histórico do São Paulo diante do Corinthians jogando em Itaquera. Em 15 jogos disputados na NeoQuímica Arena de 2014 para cá, o São Paulo saiu de campo derrotado em dez oportunidades, e empatou nas outras cinco partidas.

São Paulo