PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Veja quanto Mbappé vai receber por segundo com o novo salário pago pelo PSG

Mbappé comemora renovação com PSG - Christian Hartmann/Reuters
Mbappé comemora renovação com PSG Imagem: Christian Hartmann/Reuters

Colaboração para o UOL, em Maceió

21/05/2022 17h31

A renovação de contrato entre Kylian Mbappé e o PSG não surpreendeu apenas pela recusa do jogador em assinar com o Real Madrid, mas também pelo valor oferecido como salário para o atacante de 100 milhões euros por ano pelas próximas três temporadas, o equivalente a aproximadamente R$ 515 milhões na cotação atual. O valor foi revelado pelo jornal francês Le Parisien.

Com o salário que terá pelas próximas três temporadas, o atacante vai embolsar nada menos que R$ 16,40 por segundo, ou R$ 980,40 por minuto. Sendo assim, o jogador, que é um dos destaques da equipe na atual temporada, em 75 segundos, ganhará R$ 1.225,50 superando o valor de um salário mínimo no Brasil que é de R$ 1.212.

Segundo a imprensa francesa, o Paris também desembolsou 300 milhões de euros em luvas, uma espécie de bônus, apenas para convencer o atleta a ficar e assinar o contrato de permanência, mas que não é considerado oficialmente um salário.

O valor exorbitante pago ao jogador somado à folha salarial da equipe é motivo de questionamento por parte da La Liga, entidade responsável pela organização das competições do futebol espanhol, que deve fazer uma denuncia contra o Paris Saint-Germain, por descumprir regras de fair-play financeiro para renovar com o atacante.

"O que o PSG está fazendo, renovando com Mbappé por uma grande quantidade de dinheiro (a saber de onde ele vem e como isso é pago) depois de ter prejuízo de 700 milhões de euros nas últimas temporadas e ter uma folha salarial de 600 milhões é um insulto ao futebol. Al-Khelafi (presidente do PSG) é tão perigoso quanto a Superliga", escreveu, em referência a tentativa de alguns clubes europeus de formarem uma liga separada das competições nacionais e da Uefa.

Mbappé, que continuará como parceiro de Neymar e Messi, marcou três gols na goleada contra o Metz Campeonato Francês.

Futebol