PUBLICIDADE
Topo

Brasileirão - 2022

Quais jogadores podem atingir marca que veta transferências na Série A

Gabigol está prestes a atingir a marca de sete jogos pelo Flamengo no Brasileirão 2022 - Gilvan De Souza / Flamengo
Gabigol está prestes a atingir a marca de sete jogos pelo Flamengo no Brasileirão 2022 Imagem: Gilvan De Souza / Flamengo

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

21/05/2022 04h00

Classificação e Jogos

O Campeonato Brasileiro tem hoje (21) seguindo da sétima rodada. Neste fim de semana, os times voltam a campo em um jogo emblemático. Pelo regulamento da competição, aqueles que completarem sete partidas por um determinado clube não poderão atuar por outro ao longo do torneio. E são muitos que estão a uma partida de atingir tal marca.

Como Atlético-MG e Red Bull Bragantino tiveram o duelo entre eles pela sétima rodada antecipado por encaixes de calendário, sete jogadores já atingiram o limite e não podem defender outro time nesta edição do Brasileirão: Junior Alonso, Ademir, Everson e Jair no Galo, e Cleiton, Bruno Tubarão e Ytalo no Massa Bruta.

Por outro lado, Ceará e Fortaleza tiveram o clássico adiado e irão para o sexto jogo neste fim de semana. Por isso, nenhum deles têm jogadores prestes a romper o limite e estão fora da relação.

A reportagem do UOL Esporte separou time por time dos jogadores que podem, nesta rodada, atingir a marca de sete partidas e inviabilizar a mudança de camisa na Série A quando a janela de transferências reabrir, em 18 de julho.

América-MG

Patric
Conti
Pedrinho
Jailson

Athletico Paranaense

Abner Vinícius
Pedro Henrique
Vitinho
Cannobio
Bento

Atlético-GO

Baralhas
Jefferson
Shaylon
Wellington Rato
Léo Pereira
Churín
Marlon Freitas

Atlético-MG*

Guilherme Arana comemora gol marcado pelo Atlético-MG diante do Uberlândia - Divulgação/Atlético-MG - Divulgação/Atlético-MG
Imagem: Divulgação/Atlético-MG

Arana
Nacho
Alan
Otávio
Zaracho
Rubens
Sasha

Avaí

Arthur Chaves
Cortez
Bressan
Kevin
Bruno Silva
Raniele
Eduardo
Douglas
Bissoli

Botafogo

Daniel Borges
Saravia
Oyama
Vitor Sá
Erison
Diego Gonçalves

Corinthians

Roger Guedes durante aquecimento do Corinthians na partida contra o Inter - Maxi Franzoi/AGIF - Maxi Franzoi/AGIF
Imagem: Maxi Franzoi/AGIF

Du Queiroz
Raul Gustavo
Maycon
João Victor
Willian
Mantuan
Roger Guedes

Coritiba

Willian Farias
Luciano Castan
Henrique
Matheus Alexandre
Muralha
Alef Manga

Cuiabá

Pepê
Walter
Marcão
Felipe Marques
Rodriguinho

Flamengo

Everton Ribeiro, do Flamengo, comemora gol sobre a Universidad Católica, pela Libertadores - Alexandre Vidal / Flamengo - Alexandre Vidal / Flamengo
Imagem: Alexandre Vidal / Flamengo

Willian Arão
Arrascaeta
Everton Ribeiro
Gomes
Gabigol
Hugo Souza
Lázaro

Fluminense

Nino
Fábio
Luiz Henrique
Cano
Willian Bigode

Goiás

Felipe Bastos
Dieguinho
Tadeu
Apodi

Inter

Bustos
De Pena
Alemão
Daniel

Juventude

Jadson
Rodrigo Soares
Chico
César
Pitta
Yuri Lima

Palmeiras

Raphael Veiga, do Palmeiras, tornou-se o maior artilheiro do clube na história da Libertadores ao marcar contra o Independiente Petrolero - Patricia Pinto/Reuters - Patricia Pinto/Reuters
Imagem: Patricia Pinto/Reuters

Murilo
Gustavo Gómez
Zé Rafael
Raphael Veiga
Danilo
Dudu
Navarro
Weverton
Rony

Red Bull Bragantino*

Jadson Silva
Eric Ramires
Helinho
Sorriso

Santos

 Marcos Leonardo, jogador do Santos, lamenta chance perdida durante partida contra o Goiás na Serrinha pelo campeonato Brasileiro A 2022.  - Heber Gomes/AGIF - Heber Gomes/AGIF
Imagem: Heber Gomes/AGIF

Rodrigo Fernández
Vinicius Zanocelo
Lucas Pires
Madson
Jhojan Julio
João Paulo
Marcos Leonardo
Angulo

São Paulo

Calleri comemora gol marcado de pênalti para o São Paulo na partida contra o Cuiabá, válida pelo Campeonato Brasileiro - Marcello Zambrana/AGIF - Marcello Zambrana/AGIF
Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

Rafinha
Igor Gomes
Wellington
Alisson
Pablo Maia
Jandrei
Eder
Calleri

* Atlético-MG e Red Bul Bragantino não jogam neste fim de semana.