PUBLICIDADE
Topo

Grêmio

Grêmio banca Roger e aposta em tempo e treinos para superar crise

Pedro H. Tesch/AGIF
Imagem: Pedro H. Tesch/AGIF

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

21/05/2022 04h00

Classificação e Jogos

A sequência não é boa e o momento em termos de resultados é o pior da temporada, mas o Grêmio decidiu que não vai mudar. Roger Machado está mantido no cargo de treinador, mesmo após o terceiro jogo sem vitória na Série B do Campeonato Brasileiro. A ideia da diretoria é apostar nos treinamentos e no tempo para superar a instabilidade do time.

O Grêmio empatou com o Criciúma, na última quinta-feira (19), e só volta a jogar pela Série B diante do Vila Nova, no dia 29. Na terça-feira (24), o time enfrenta o Glória-RS, pela Recopa Gaúcha, mas com equipe reserva.

A avaliação interna é que o time regrediu, coletivamente, nas últimas rodadas. Depois de chegar à liderança da Série B, o Grêmio perdeu para o Cruzeiro e mais recentemente empatou com Ituano e Criciúma. Em cada partida houve uma escalação diferente.

"Se não tem alternativa, é criticado por não ter alternativa. Se modifica, modifica demais. Mas falei aos atletas que vou pegar o melhor momento de cada jogador. Tenho que gerar confiança, com repetição, mas não posso ter atuação com nota 8 e depois nota 3. A gente preza por regularidade. Tenho três ou quatro jogadores regulares e os outros estão oscilando. Preciso dessa regularidade, consistência. Também do modelo", disse Roger Machado, depois do mais recente jogo.

Ontem (20), o Grêmio mudou a programação original e fez treino com portões fechados. A atividade com maior dose de privacidade deu o tom do ambiente, de tensão e com pitadas grandes de preocupação.

Por outro lado, o clube entende que o intervalo até a próxima rodada dará margem para Roger alterar o time e encontrar equilíbrio. Assim, a Recopa Gaúcha será disputada por reservas e jovens — com possível aparição do zagueiro Kannemann, fora desde dezembro por causa de uma operação no quadril.

Uma das avaliações depois do jogo com o Criciúma é que o time apresentou insegurança ao longo da partida. Outra, é que o rendimento foi suficiente para vitória, mas se tornou alvo de críticas pelo contexto do clube — rebaixado e instável recentemente.

Grêmio