PUBLICIDADE
Topo

Libertadores - 2022

Libertadores: do que os brasileiros precisam para avançar às oitavas?

Dos oito times brasileiros, três já avançaram e outros quatro brigam por vaga nas oitavas; só o América-MG foi eliminado - Heuler Andrey/Getty Images
Dos oito times brasileiros, três já avançaram e outros quatro brigam por vaga nas oitavas; só o América-MG foi eliminado Imagem: Heuler Andrey/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

20/05/2022 04h00

Classificação e Jogos

Depois de cinco jogos cada, os times brasileiros que disputam a Libertadores já sabem com o que se preocupar (ou não) para a última rodada da fase de grupos, que acontece durante a próxima semana.

Entre os oito representantes do país no torneio continental, três já estão com vaga garantida nas oitavas: Palmeiras, Atlético-MG e Flamengo. Deles, só o clube mineiro tem chance (remota) de não fechar a etapa como melhor de sua chave.

Por outro lado, o América-MG é o único já eliminado: a equipe somou apenas dois pontos nos cinco jogos que fez e pode, no máximo, ir ao 3° lugar de seu grupo, alcançando uma vaga para a Sul-Americana.

O UOL Esporte mostra, abaixo, os cenários que os outros quatro times brasileiros precisam para passar de fase. Confira:

Athletico (Grupo B)

Pablo comemora gol pelo Athletico-PR diante do Tocantinópolis, pela Copa do Brasil, na Arena da Baixada - Gabriel Machado/AGIF - Gabriel Machado/AGIF
Imagem: Gabriel Machado/AGIF

O grupo do time paranaense é o mais equilibrado da competição. Na 2ª posição, o Athletico tem sete pontos — mesmo número do Libertad —, porém vê os paraguaios na liderança pelo saldo de gols (-1 contra -3).

O problema é que os outros dois clubes da chave, The Strongest e Caracas, aparecem logo atrás com seis pontos ganhos cada.

Na última rodada, o Athletico encara os venezuelanos em casa e, com uma simples vitória ou empate, avança para as oitavas. Em caso de derrota, a eliminação da Libertadores acontece independentemente do resultado entre Libertad e The Strongest.

A tabela atual:

  1. Libertad - 7 pontos (SG -1)
  2. Athletico - 7 pontos (SG -3)
  3. The Strongest - 6 pontos (SG +4)
  4. Caracas - 6 pontos (SG 0)

Bragantino (Grupo C)

Ytalo, do Bragantino, comemora gol marcado contra o Atlético-MG pelo Campeonato Brasileiro - LUIS MOURA/WPP/ESTADÃO CONTEÚDO - LUIS MOURA/WPP/ESTADÃO CONTEÚDO
Imagem: LUIS MOURA/WPP/ESTADÃO CONTEÚDO

Dentro da chave que tem o Estudiantes líder disparado com 13 pontos, os paulistas somam cinco pontos e, na 2ª posição, estão à frente do Vélez Sarsfield apenas pelo saldo de gols — o Nacional (URU) é o lanterna, com quatro.

Na rodada final, o Braga vai a Montevidéu encarar os uruguaios e, com uma simples vitória, se garante na próxima fase — desde que o Vélez não vença o Estudiantes por uma diferença de dois ou mais gols em relação ao placar dos brasileiros.

Se a equipe de Bragança Paulista empatar, precisa contar com uma vitória ou empate do líder sobre o Vélez.

Já em caso de derrota, não há milagre possível: a queda vem de qualquer jeito.

A tabela atual:

  1. Estudiantes - 13 pontos (SG +7)
  2. Bragantino - 5 pontos (SG -1)
  3. Vélez Sarsfield - 5 pontos (SG -3)
  4. Nacional - 3 pontos (SG -1)

Corinthians (Grupo E)

Du Queiroz e Mosquito, do Corinthians, comemoram gol na partida contra o Boca Juniors, pela Libertadores - ALEJANDRO PAGNI / AFP - ALEJANDRO PAGNI / AFP
Imagem: ALEJANDRO PAGNI / AFP


O Corinthians, diante de seus oito pontos, tem uma missão considerada "simples" para se manter vivo no torneio continental: vencer ou empatar, em casa, a partida contra o Always Ready, lanterninha do grupo com apenas quatro pontos e que ontem perdeu por 3 a 0 para o Deportivo Cali.

Caso o time de Vítor Pereira seja surpreendido e perca a partida por apenas um gol de diferença, ainda garante vaga caso o Boca Juniors não vença o Deportivo Cali na Bombonera. Se houver vitórias brasileira e colombiana, o Corinthians precisará tirar um saldo de três gols de diferença para terminar na liderança do grupo.

A tabela atual:

  1. Deportivo Cali - 8 pontos (SG +4)
  2. Corinthians - 8 pontos (SG +1)
  3. Boca Juniors - 7 pontos (SG -1)
  4. Always Ready - 4 pontos (SG -3)

Fortaleza (Grupo F)

Moises comemora gol do Fortaleza sobre o Alianza Lima pela Libertadores - Luka GONZALES / AFP - Luka GONZALES / AFP
Imagem: Luka GONZALES / AFP

A goleada de 4 a 0 do River Plate sobre o Colo-Colo foi importantíssima para a sobrevivência dos nordestinos na tabela.

Agora, o Fortaleza fará uma espécie de "final" contra os chilenos, em Santiago (ambos têm oito pontos), para ver quem avança ao lado dos argentinos para as oitavas.

A conta é simples: quem vencer elimina o adversário. O empate é "amigo" do Fortaleza justamente pelo saldo do Colo-Colo, que é de -3, ante o saldo de 0 dos brasileiros.

A tabela atual:

  1. River Plate - 13 pontos (SG +8)
  2. Fortaleza - 7 pontos (SG 0)
  3. Colo-Colo - 7 pontos (SG -3)
  4. Alianza Lima - 1 ponto (SG -5)
Errata: o texto foi atualizado
Diferentemente do que foi informado no texto, o Corinthians não pode terminar na liderança do Grupo E em caso de empate diante do Always Ready. O erro foi corrigido.