PUBLICIDADE
Topo

Futebol

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Vitão: 'Parabéns ao Corinthians por combater homofobia e não usar verde'

Do UOL, em São Paulo

18/05/2022 04h00

No Dia Internacional de Combate à Homofobia, em 17 de maio, o Corinthians criou polêmica. Assim como vários clubes brasileiros, o Timão fez uma postagem em suas redes sociais condenando a violência e o preconceito contra a comunidade LGBTQIA+. Na mensagem, o clube do Parque São Jorge excluiu a cor verde da bandeira do movimento, cujo símbolo é o arco-íris.

Na Live do Corinthians, programa do UOL Esporte logo após as partidas do Timão, os jornalistas Vitor Guedes e Ricardo Perrone debateram a polêmica em torno da postagem feita pelo Corinthians. Ambos não viram problema em retirar o verde da bandeira do arco-íris - a cor está ligada ao arquirrival Palmeiras.

"Parabenizei o Corinthians por se posicionar contra a homofobia, que é uma estupidez e uma cretinice. Ninguém tem nada a ver com a vida sexual de ninguém. E parabéns ao quadrado por não usar verde. O Corinthians é dos corintianos e da sua torcida, não dos antis. O Corinthians não é verde, acabou", opinou Vitão.

Perrone concordou. "O Corinthians fez o que tinha que fazer. Homofobia mata e precisa se posicionar contra isso diariamente. Não é só postar na rede social; precisa de um trabalho diário com funcionário, jogador, torcedor... A questão do verde é cultural do Corinthians. Não vai usar e não vejo problema algum nisso", comentou o colunista do UOL.

Para Vitão, o Timão cumpriu seu papel tanto ao promover a luta contra a homofobia como ao agradar seu torcedor. "O Corinthians não usa verde. A mensagem importantíssima e fundamental contra a homofobia foi passada. A comunidade LGBTQIA+ foi respeitada e os corintianos, que não suportam a cor verde, também foram respeitados. Se você é anti e quer usar verde, cobre seu time de usar verde. O Corinthians está de parabéns por se posicionar, porque isso era um tabu antigamente", avaliou o colunista do UOL.

Vitão espera que o discurso do Corinthians não se restrinja apenas a uma postagem nas redes sociais e seja aplicada no dia a dia. "Que seja mais do que uma rede social e seja mais uma política de inclusão na arena para a comunidade. Não há ninguém mais corintiano do que ninguém. E sem verde. Só faltava usar verde para agradar à torcida alheia", finalizou, reforçando que, na opinião dele, o clube acertou ao não usar o verde para representar a bandeira do arco-íris.

Não perca! A próxima edição da Live do Corinthians será no domingo (22), logo após o clássico contra o São Paulo pelo Brasileirão. Você pode acompanhar o programa pelo Canal UOL, no app Placar UOL, na página do Corinthians no UOL Esporte ou no canal do UOL Esporte no YouTube.

Futebol