PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Fifa vai investigar suposta irregularidade do Equador nas Eliminatórias

Byron Castillo (Equador) - Divulgação
Byron Castillo (Equador) Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

11/05/2022 10h19

A Fifa anunciou que irá investigar a suposta escalação irregular de Byron David Castillo Segura pela seleção do Equador nas Eliminatórias Sul-Americanas. Na semana passada, o Chile acionou o Comitê Disciplinar da entidade alegando que o lateral falsificou documentos que concedem sua nacionalidade equatoriana.

Por conta da denúncia, a Fifa vai abrir um processo disciplinar para averiguar a elegibilidade de Byron Castillo pela seleção equatoriana. O jogador atuou em 8 partidas das Eliminatórias pelo Equador e deu uma assistência.

A Associação Chilena de Futebol alega que existem inúmeras provas de que o atleta nasceu na Colômbia, e não no Equador, e que utilizou documentos falsos. Além disso, o órgão acrescenta que a Federação Equatoriana de Futebol sabia da irregularidade, mas que não quis esclarecer os fatos.

O Equador terminou o torneio na 4ª posição, com 26 pontos, classificando-se para a Copa do Mundo do Qatar. Já o Chile ficou em 7º, com 19. Os chilenos se sentem prejudicados por Castillo ter atuado nas duas partidas contra eles.

Byron Castillo entrou no segundo tempo no primeiro duelo entre as seleções, na 6ª rodada das Eliminatórias, que acabou empatado por 0 a 0. No outro confronto, o lateral começou entre os titulares e os equatorianos venceram por 2 a 0.

Confira o comunicado da Fifa:

"Conforme recentemente confirmado pela Fifa, a Associação Chilena de Futebol apresentou uma queixa ao Comitê Disciplinar da FIFA na qual fez uma série de alegações sobre a possível falsificação de documentos que concedem a nacionalidade equatoriana ao jogador Byron David Castillo Segura, bem como a possível ilegibilidade do referido jogador para participar de oito partidas de qualificação da seleção nacional da Federação Equatoriana de Futebol (FEF) na competição preliminar da Copa do Mundo da FIFA Qatar 2022"

Tendo em mente o exposto, a FIFA decidiu abrir um processo disciplinar em relação à potencial inelegibilidade de Byron David Castillo Segura em relação às partidas mencionadas. Nesse contexto, a FEF e a Associação Peruana de Futebol foram convidadas a apresentar suas posições ao Comitê Disciplinar da FIFA.

Mais detalhes virão oportunamente."

Futebol