PUBLICIDADE
Topo

Brasileirão - 2022

Renato Augusto decide, e Corinthians vence Bragantino para manter liderança

Colaboração para o UOL, em São Paulo

08/05/2022 19h54

Classificação e Jogos

Um gol de carrinho de Renato Augusto fez o Corinthians vencer o Red Bull Bragantino por 1 a 0, na noite de hoje (8), no Nabi Abi Chedid, em jogo válido pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro.

Com o resultado, o Timão permanece isolado na liderança do Nacioanl, com 12 pontos, dois à frente do Santos, que goleou o Cuiabá, na Vila Belmiro. O Bragantino, com oito pontos, ocupa neste momento a quarta colocação, mas pode ser ultrapassado por Avaí ou Coritiba, que têm sete pontos e se enfrentam amanhã, até a conclusão da rodada.

O Corinthians volta a campo na quarta (11), às 21h30, quando enfrenta a Portuguesa-RJ, na Neo Química Arena, no duelo de volta da terceira fase da Copa do Brasil - a ida terminou empatada em 1 a 1. O Bragantino, por sua vez, recebe o Atlético-MG, no mesmo dia, mas às 20h30, em jogo adiantado da sétima rodada do Brasileirão.

Live do Corinthians

De carrinho para manter a liderança!

Apagado na partida, Renato Augusto tirou um lance de craque da cartola para marcar o gol e dar a vitória ao Corinthians. A jogada parecia perdida, mas o camisa 8 se atirou de carrinho para deslocar o goleiro Cleiton. Na jogada, Willian aproveitou erro da saída de bola dos donos da casa, e Du Queiroz deu a assistência para o meia balançar as redes.

Quem foi bem: Renato Augusto

Não fez partida brilhante, assim como nenhum de seus companheiros, mas foi o responsável por garantir os três pontos para o Corinthians com um gol de carrinho. Decisivo.

Quem foi mal: Róger Guedes

O atacante praticamente não apareceu no jogo. Quando teve oportunidades, não conseguiu finalizar. Apesar de não esconder que prefere atuar nas pontas, foi escalado centralizado por Vítor Pereira e novamente não rendeu o esperado. Foi substituído no segundo tempo.

Cronologia do jogo

Bragantino e Corinthians fizeram um primeiro tempo monótono e sem emoções. A partida caminhou em marcha lenta e não houve chances de perigo para nenhum dos lados.

O ritmo da partida seguia o mesmo no segundo tempo, mas em uma rara oportunidade do Corinthians, Renato Augusto, de carrinho, abriu o placar aos 9 minutos. O Bragantino ensaiou uma pressão no fim, mas não conseguiu o empate.

O jogo do Bragantino

Escalado com time alternativo em razão da maratona de jogos, o Bragantino iniciou melhor que o Corinthians, mas logo se acomodou na partida. Acumulou erros e, assim como o adversário, quase não conseguiu criar oportunidades, à exceção de uma cabeçada na trave de Ytalo no segundo tempo. Foi castigado com o gol achado por Renato Augusto.

O jogo do Corinthians

Vítor Pereira manteve o rodízio e fez sete mudanças na escalação para o jogo em Bragança Paulista (SP). Em campo, um time que praticamente não conseguiu criar chances e errou muito contra vários reservas dos anfitriões. O Corinthians sofreu para superar a marcação do rival, mas contou com a estrela de Renato Augusto para achar um gol no Nabi Abi Chedid.

Depois de abrir o placar, o Timão se fechou para segurar o resultado. Apesar da partida ruim, são importantíssimos os três pontos conquistados fora de casa.

Goleiros praticamente não trabalham no 1° tempo

Cleiton e Cássio não sujaram o uniforme e foram meros espectadores da partida na etapa inicial. Com o pouco poderio ofensivo de Bragantino e Corinthians, os goleiros só participaram em lances de defesas simples ou em saídas de bola. Fraquíssimos os primeiros 45 minutos.

Trave salva o Corinthians

Em um dos poucos lances de perigo da partida, Ytalo aproveitou cruzamento da direita e cabeceou na trave, aos 27 minutos do segundo tempo, quando o Corinthians já vencia por 1 a 0. Por pouco o Bragantino não buscou o empate.

Róger Guedes de volta... como 9

Depois de passar a partida toda contra o Deportivo Cali-COL no banco de reservas, algo inédito desde que chegou ao Corinthians, o atacante voltou a ser titular do Timão em Bragança Paulista, mas atuou centralizado, posição que não esconde que não se sente 100% confortável. Vítor Pereira optou por Mantuan e Willian abertos nas pontas e manteve Júnior Moraes, centroavante de ofício, no banco.

350 vezes Gil

O ídolo do Corinthians completou 350 jogos pelo clube nesta noite. Ele é o 24º jogador com mais jogos na história do Timão e o segundo zagueiro, atrás apenas de Olavo, que tem 507.

Bragantino e Corinthians estreiam novos uniformes

Os dois times usaram pela primeira vez as novas camisas para a temporada. O Bragantino estreou seu uniforme 1, branco com detalhes em vermelho, enquanto o Corinthians atuou com o novo uniforme 2, preto com detalhes em dourado.

Barbieri é substituído por Maldonado

Com covid-19, o treinador do Red Bull Bragantino, Maurício Barbieri, novamente não esteve na beira do gramado. O time foi comandado pelo auxiliar Cláudio Maldonado, que defendeu o Corinthians em 2013. O ex-volante chileno também chegou a fazer estágio com Fábio Carille no Timão em sua preparação para se tornar técnico.

FICHA TÉCNICA:

RED BULL BRAGANTINO 0 x 1 CORINTHIANS

Competição: Campeonato Brasileiro, 5ª rodada
Estádio: Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP)
Data e horário: 8 de maio de 2022, às 18h (de Brasília)
Público: 9.993 pagantes
Renda: R$ 342.805,00
Árbitro: Raphael Claus (Fifa/SP)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (Fifa/SP( e Evandro de Melo Lima (SP)
VAR: Daiane Caroline Muniz dos Santos (SP)
Cartões amarelos: Jadsom (BGT); Bruno Melo e Gustavo Mosquito (COR)
Gol: Renato Augusto, aos 9 minutos do segundo tempo (COR)

RED BULL BRAGANTINO: Cleiton; Andrés Hurtado, Léo Realpe, Kevin e Luan Cândido; Jadsom, Lucas Evangelista (Eric Ramires) e Miguel (Welliton); Artur (Jan Hurtado), Alerrandro (Ytalo) e Bruno Tubarão (Sorriso). Técnico: Maldonado

CORINTHIANS: Cássio, Rafael Ramos (Robson Bambu), Gil, Raul Gustavo e Bruno Melo; Cantillo (Maycon), Du Queiroz e Renato Augusto (Gustavo Mosquito); Mantuan (Júnior Moraes), Róger Guedes (João Victor) e Willian. Técnico: Vítor Pereira