PUBLICIDADE
Topo

Copa Sul-Americana - 2022

Santos reserva vence a Universidad nos acréscimos e desencanta com Bustos

Camacho protege a bola durante jogo do Santos contra a Universidad Católica-EQU pela Copa Sul-Americana - API/AGIF
Camacho protege a bola durante jogo do Santos contra a Universidad Católica-EQU pela Copa Sul-Americana Imagem: API/AGIF

Lucas Musetti Perazolli

Colaboração para o UOL, em Santos (SP)

05/05/2022 23h25Atualizada em 06/05/2022 00h56

Classificação e Jogos

O time reserva do Santos venceu a Universidad Católica por 1 a 0, na noite desta quinta-feira (5), na altitude de 2.850 metros em Quito (EQU), pela quarta rodada da fase de grupos da Copa Sul-Americana. O gol foi marcado por Rwan, aos 45 minutos do segundo tempo. Essa foi a primeira vitória do Peixe como visitante sob o comando do técnico Fabián Bustos.

Com a vitória, o Santos vai à segunda colocação, com sete pontos, e ainda fora da zona de classificação às oitavas de final. A Universidad soma quatro e o lanterna Banfield, três. O líder é o Unión La Calera (CHI), com oito — apenas o primeiro colocado de cada chave avança ao mata-mata.

Bustos sabia do risco de perder sem seus titulares, mas se preocupou com o desgaste físico e volta do Equador com três pontos fundamentais. O Santos enfrentará Banfield e Unión La Calera na Vila Belmiro para tentar avançar e só depende de si.

Com vários titulares descansados, o Santos voltará a campo para enfrentar o Cuiabá, domingo (8), na Vila, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro. Pela Sul-Americana, o próximo compromisso do será diante do La Calera, em casa, no dia 18.

LIVE DO SANTOS COM GABRIELA BRINO E MAURICIO BARROS

Quem foi bem: Eduardo Bauermann Camacho

Bauermann foi seguro e salvou um gol em cima da linha no último minuto. Camacho marcou bem e errou poucos passes. Sandry e Gabriel Pirani também tiveram atuações regulares. Rwan entrou no segundo tempo e errava tudo, mas finalizou perfeitamente nos acréscimos para garantir os três pontos.

Quem foi mal: Willian Maranhão e Bryan Angulo

Maranhão, outra vez, mostrou muita dificuldade técnica até para passes curtos. Já Angulo, centroavante de poucos toques, precisou sair da área e também errou demais.

O jogo do Santos: defesa forte

Os reservas do Peixe estiveram bem organizados em campo e sofreram pouco, mas esbarraram na limitação técnica de alguns e pouco criaram em Quito até Rwan abrir um placar quando a partida caminhava para o empate.

Lance polêmico, mas gol

Aos 15 minutos, Ismael Diaz marcou para a Universidad, mas a arbitragem anotou impedimento. O lance era bem ajustado. Como não há VAR na Sul-Americana, a decisão do assistente foi confirmada. Na parte final, foi a vez de Rwan, impedido, balançar as redes. O atacante do Santos estava, de fato, à frente até fazer seu legítimo gol.

Fim da espera

Com o capitão João Paulo poupado, John voltou a ser titular do Santos após quase um ano. O goleiro passou por duas intervenções no joelho e não atuava desde 20 de junho de 2021, contra o São Paulo, na Vila Belmiro.

De volta para casa

Fabián Bustos é argentino, mas trabalhou 12 anos no Equador antes de assumir o Santos. O técnico afirma ser "quase equatoriano" e esteve novamente no seu segundo país nesta noite.

FICHA TÉCNICA:

UNIVERSIDAD CATÓLICA 0 x 1 SANTOS
Competição:
Copa Sul-Americana - Quarta rodada do Grupo C
Data: 5 de maio de 2022 (quinta-feira)
Horário: 21h30 (de Brasília)
Local: Estádio Atahualpa, em Quito (EQU)
Árbitro: Gery Vargas (BOL)
Assistentes: Jose Antelo e Edwar Saavedra (BOL)
Cartões amarelos: Mosquera (UNI)
Gol: Rwan (SAN), aos 45 minutos do segundo tempo

UNIVERSIDAD CATÓLICA: Cuero, Anangonó, Mosquera, Caicedo e Cortez; Minda, Facundo Martínez (Cevallos), Alzugaray e Díaz (Rivas); Cristían Martínez e Clavijo (Chalá). Técnico: Miguel Rondelli

SANTOS: John, Auro, Emiliano Velázquez, Eduardo Bauermann e Felipe Jonatan; Willian Maranhão (Lucas Pires), Camacho (Vinicius Zanocelo), Sandry e Gabriel Pirani (Rwan Seco); Lucas Barbosa (Lucas Braga) e Bryan Angulo (Marcos Leonardo). Técnico: Fabián Bustos