PUBLICIDADE
Topo

Brasileirão - 2022

Coritiba supera frango de Muralha e bate o Flu com virada no último lance

Colaboração para o UOL, em Maceió

01/05/2022 18h03

Classificação e Jogos

O Coritiba venceu o Fluminense de virada por 3 a 2 em partida disputada na tarde de hoje (1º) com direito a falha bizarra de goleiro e pedaço de dente perdido no gramado. Os gols do jogo válido pela 4ª rodada do Brasileirão, disputada no Estádio Couto Pereira, no Paraná, foram marcados por Ganso (2), Andrey e Léo Gamalho (2).

Com o resultado, o Coxa sobe para a 5ª posição com 7 pontos somados, enquanto o Fluminense cai para 14º, com 4 pontos. O próximo desafio da equipe do Rio será contra o Junior Barranquilla, pela Sul-Americana, na próxima quarta-feira (4). Já o Coritiba encara o Avaí, na segunda-feira (9), pelo Brasileirão.

Foi bem: Ganso sacrifica o dente pelo gol

Ganso foi o nome do jogo e sacrificou até um pedaço do dente para garantir uma possível vitória tricolor. No primeiro gol do jogo, o meia arriscou de fora e contou com falha do goleiro Muralha para abrir o placar. Aos 35, o camisa 10 marcou de cabeça e perdeu um pedaço do dente após disputar bola aérea.

Foi mal: Andrey sem ritmo

Andrey sem ritmo e sem velocidade, errando passes e sem conseguir escapar da marcação foi decisivo ao permitir inícios de jogadas do tricolor no meio-campo. Apesar do início ruim, conseguiu se redimir e marcar o gol do empate do Coxa após sobra de bola depois de um bate-rebate na área.

Andrey, do Coritiba, comemora seu gol contra o Fluminense no Brasileirão - Gabriel Machado/AGIF - Gabriel Machado/AGIF
Andrey, do Coritiba, comemora seu gol contra o Fluminense no Brasileirão
Imagem: Gabriel Machado/AGIF

Frangaço do Muralha

O primeiro gol marcado por Paulo Henrique Ganso no Brasileirão contou com a ajuda de um frangaço do goleiro Muralha. No lance, aos 19 da primeira etapa, Nonato tocou para o meia, que ajeitou e arriscou de fora da área sem tanta força. Muralha até tentou encaixar a defesa, mas acabou falhando feio e a bola entrou lentamente.

André expulso

André levou o segundo amarelo por chute em Léo Gamalho e acabou expulso após revisão no VAR e complicou o jogo que até então estava favorável ao Tricolor. Como consequência, o Coritiba encontrou espaços no meio-campo e voltou a pressionar, conseguindo igualar o marcador em poucos minutos.

Léo Gamalho entra e muda o jogo

Léo Gamalho precisou de apenas 7 minutos para marcar o dele. Acionado para entrar no segundo tempo, sobrou para ele cobrar o pênalti como manda o manual: bola de um lado, goleiro do outro e marcar para dar outro destino a partida e marcar logo depois o gol da virada.

Coritiba perde o foco e se reencontra

Os donos da casa começaram bem, mas perderam o foco após o primeiro gol do tricolor. A equipe até tentou voltar a pressionar ainda na primeira etapa, mas sem sucesso. O time, embora tivesse mais posse de bola, só conseguiu se reencontrar no jogo após diminuir o placar com gol de pênalti. Depois disso, pressionou e encontrou o caminho para o gol e virou o placar no apagar das luzes.

Fluminense vacila e cede espaços

O Fluminense foi pressionado nos primeiros minutos da partida, mas logo preencheu o meio-campo e aproveitou que Andrey, do Coritiba, estava sem ritmo para tirar a velocidade de transição dos rivais, que passaram a ter dificuldade em avançar. Os dois gols marcados ainda na primeira etapa e a expulsão de André balançaram a equipe, que passou a deixar espaços no círculo central favorecendo jogadas rivais e logo em seguida a igualdade no placar e a posterior virada.

31% de falhas

Dos 22 gols sofridos pelo Coritiba em 2022, 7 ocorreram após falhas da defesa, sendo 3 apenas do goleiro Muralha. As demais foram: 1 do Egídio, 1 de Willian Farias e outra de Guilherme Biro, além de 1 gol contra de Henrique.

Bombas lançadas por torcedores

Bombas foram lançadas por ambas as torcidas durante o primeiro tempo do jogo. De acordo com relatos de torcedores, a torcida do Coxa lançou dois rojões em direção ao setor visitante após o segundo gol do Fluminense e a torcida tricolor revidou com um rojão logo em seguida.

Cronologia

Ganso abriu o placar aos 19 da primeira etapa após assistência de Nonato e ampliou o marcador aos 39. Na segunda etapa, Léo Gamalho entrou e marcou de pênalti aos 7 e Andrey deixou tudo igual aos 15. No apagar das Luzes, Léo Gamalho marcou mais uma vez e deu a vitória ao Coxa.

FICHA TÉCNICA CORITIBA 3 x 2 FLUMINENSE

Data: 1º de maio de 2022, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Motivo: Brasileirão - 4ª rodada
Local: Estádio Major Antônio Couto Pereira, em Curitiba (PR)
Árbitro: Raphael Claus
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse e Neuza Ines Back
Cartões Amarelos: Ganso, André (FLU);
Cartões Vermelhos: André (FLU);
Gols: Ganso (2x) aos 19 e aos 35 do 1º tempo (FLU); Léo Gamalho, aos 7 e aos 49 do 2º tempo e Andrey, aos 15 do 2º tempo (CFC)

Coritiba: Alex Muralha, Matheus Alexandre, Henrique, Luciano Castán, Guilherme Biro (Egídio), Andrey (Adrián Martínez), Willian Farias, Régis (Robinho), Clayton (Léo Gamalho), Alef Manga e Igor Paixão. Técnico: Gustavo Morínigo

Fluminense: Fábio, Samuel Xavier (Calegari), Nino, Luccas Claro, Marlon, André, Nonato (Martinelli), Yago Felipe, Ganso (Willian), Luiz Henrique (Caio Paulista) e Cano (David Duarte). Técnico: Marcão.